GA$TO$ COM O GALO

1016909 542113019234507 864007802 n GA$TO$ COM O GALO

Além dos gastos com ingresso/sócio, transporte até o estádio, camisas e outros produtos ligados ao Galo, alguns Atleticanos fazem questão de colocar a mão no bolso para acompanhar o time em jogos fora de Belo Horizonte. Seja no interior de Minas, jogos interestaduais ou internacionais, sempre há alguém para representar a Massa na arquibancada.

O Cam1sa Do2e conversou com o empresário Renato Vilela, Atleticano que esteve presente em todos os jogos da Libertadores 2013 e 2014 e, enquanto arrumava as malas para a Colômbia, Renato falou sobre o planejamento necessário para não perder nem um minuto do Atlético em campo na disputa pela segunda taça.

Renato recomenda ao torcedor que pretende acompanhar o time a ficar sempre de olho na tabela.

- Se definiram a data da partida, corre para a internet para pesquisar preços, rotas e informações sobre o local a ser visitado, pois fica mais caro por agências.

A ida ao Paraguai foi a mais econômica, pois o voo era até Foz do Iguaçu e o restante do caminho de carro. Para o jogo de quarta-feira, ele optou por repetir a rota do Atlético, passando pelo Panamá e depois Colômbia, onde também foi contra o Santa Fe. O valor da passagem ficou em aproximadamente R$3.000,00 e todos os gastos, incluindo hotel, alimentação e locomoção no país devem subir os números para R$3.800,00.

Caso não haja pressa para voltar, é possível encontrar passagens mais em conta e até economizar na escolha do hotel. Lembre-se de ficar próximo ao estádio, pois os taxistas podem levar suas economias. O valor total da viagem irá depender dos locais onde pretende visitar e da sorte na buscar por melhores preços nas empresas aéreas. Nem sempre dá tempo de conhecer os pontos turísticos da cidade. Dessa vez, Renato chegará na terça, assiste ao jogo na quarta e volta para BH na quinta. A única missão é voltar com o placar favorável e garantir a classificação no Independência.

Se ele está confiante?

- Eu gritei o nome do Mixirica. Isso sim era ser confiante.

Fael Lima

ABRAÇO, MASSA

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

O GARÇOM TENTOU

O Atleticano Centim Vicentim registrou dois lances curiosos envolvendo Marion, ou Galon, como ele prefere chamar. Contra o Cruzeiro, na final do Mineiro, e contra o Zamora, pela Libertadores, o jogador deixa Tardelli e Jô livres para marcar, mas o gol não sai.

Confira os lances.