GALO EM FAMÍLIA – SÓCIAS NA CIDADE DO GALO

Dia de família no Cam1sa Do2e. Envie sua foto para [email protected] e aguarde o próximo Galo em Família. No vídeo em destaque, a Tv Galo mostra as Atleticanas que deixaram a Cidade do Galo ainda mais bonita.

A Stefane Poliana agradece ao pai dela pelo sangue Alvinegro

Stefane Poliana

Dia de comemorar título na casa do Carlos Henrique

Carlos Henrique Campeão Mineiro 2013

Selfie dos Atleticanos enviada pela Carla Pinheiro

Carla Pinheiro

Camisa, mascote e até toalha Alvinegra na casa da Lana Fernanda

Lana Fernanda

 

Lana Fernanda 2

 

Faltou espaço pra tanto Atleticano na casa do Filipe Vieira

Filipe Vieira

Só com camisa do Galo par abraçar a Flávinha Cunha

Flávinha Cunha

Flávinha Cunha 2


Imagens: TV Galo

Leia Mais

GALO EM FAMÍLIA – 106 ANOS

 Outras postagens do Galo em Família

A festa de aniversário com carreata e show na Sede de Lourdes é um momento para toda a família Atleticana celebrar a existência desse clube que proporciona histórias diariamente. Segue abaixo outros momentos da família Alvinegra.

Envie sua foto para [email protected] e aguarde o próximo Galo em Família

1896791_679918208736921_1210749805_n1926159_468432049924422_1062248939_o

filho do leonardo fontes

1725472_585084671575734_150133695_n

Bjdu0CRIAAA_aKu

DSC03791

1974273_202330306644374_8345662_o

Leia Mais

GALO EM FAMÍLIA – R10 E A NOVA GERAÇÃO

 Outras postagens do Galo em Família

Personagem de revista em quadrinho, ídolo no mundo do futebol, autor de golaços e dono de um visual exótico. Prato cheio para a criançada querer imitar aquele que já foi eleito o melhor do mundo por duas vezes.

E se esse cara jogasse no seu time? E se esse cara saísse do seu time?

Duas perguntas que justificam o choro do pequeno Atleticano que chegou a pedir por intervenção Divina para ver Ronaldinho com o Manto Alvinegro em 2014. O texto de Victor Martins, publicado no Cam1sa Do2e, cita como a renda do clube aumentou desde a chegada de Ronaldinho a Minas, mas a presença do camisa 10 vai além das cifras.

Ronaldinho converte torcedores de todas as idades, faz a criança vestir a camisa na escola com orgulho, mesmo no dia seguinte às derrotas. Nas peladas de rua, até os rivais querem bater o peito no ar para imitar a comemoração ‘patenteada’ no Horto.

O menino que pega a camisa 10 como seu melhor brinquedo e seca suas lágrimas com o escudo estampado nela deveria estar presente na reunião entre Assis e Alexandre Kalil. Garantir o sorriso naquele rosto deveria estar em contrato para 2014.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google + 

1470384_482020488582880_1110278022_njoão1

Maria Eduarda 2unnamed (1)

995548_1434328740119119_691910171_n

ivan

leo1

unnamed (2)

unnamed

Libertadores

Maria Eduarda

Leia Mais

GALO EM FAMÍLIA – PEQUENO NARRADOR

 (ENVIE SUA FOTO PARA [email protected])

 Outras postagens do Galo em Família

Uma família inteira prometeu que todos fariam tatuagens, caso o Galo conquistasse a América. Até o pai, que não era fã de tatuagem, escreveu Gallus Insannus (Galo Doido em latim) no braço.

Hoje também tem foto da filha do Matheus Rocha e os filhos do Sérgio, além do Gustavo que é filho de são paulinos, neto de santista e flamenguista, mas que escolheu gritar Galo. Para encerrar, tem a família Evangelista, o Claudinei e a irmã com o aniversariante Pedro e mais um montão de gente que eu não anotei o nome, inclusive um cachorro que agora quer ser dono do terreiro.

gustavo filho de são paulinos, neto de santista e flamenguistafilha do sérgio munck

IMG-20131114-WA0035filho do Sergio Munck

gallus Insannus q é galo doido em latim, pai, mãe e filhos

unnamed

Galo dog

20130815_103537

filha do Matheus Rocha Ferreira

Familia Evangelista, atelticana até doer

claudinei e a  irma josiane no aniversario do sobrinho PEDRO

IMG-20130323-WA0013

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

Leia Mais

GALO EM FAMÍLIA – ATLÉTICO NO CALDEIRÃO

Imagens: Tv Galo

 

Bastou o quadro Peneira, do programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo, ir ao ar, para o nome de Juquinha ganhar todas as redes sociais. O baixinho marcou dois gols e a chance de participar de outros testes no clube.

Mesmo que não continue a vestir a camisa do Atlético por muito tempo, fica nossa torcida para que o garoto realize o sonho de seguir no futebol e se torne um grande homem.

 (ENVIE SUA FOTO PARA [email protected])

 Outras postagens do Galo em Família

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

DSC_0029Pré-Final da Libertadores

Primeira roupa1069311_547408775316254_429382161_n

Rafaela Rau Wladimir 218BUD3CPLIUAAu-ul

Maternidade

BU5e6IfCAAErcSJ

GEDSC DIGITAL CAMERA

Wlad Raul Miguel

Leia Mais

Galo em Família – Até criança já sabe

 (Envie sua foto para [email protected])

 Outras postagens do Galo em Família

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

eu e Otávio296187_10201227462113730_677155452_n

IMG-20130728-WA0002

34234324

Clique aqui para ver todas as fotos

(mais…)

Leia Mais

Galo em Família – Só camisa Alvinegra

 (Envie sua foto para [email protected])

 Outras postagens do Galo em Família

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Youtube 2

248005_10151687772300934_1365358742_n943083_10201041017977225_2021329310_n

941788_10201045379886270_1765907226_n

moacir-gaspar-221

DSC02464

941629_10200142090728614_1609645599_n

galo doido

2013-04-19 14.40.08

Leia Mais

Galo em Família – Galo de bem com a vida

Esse blog já foi mais sério com as postagens – O Cam1sa D3las era na terça, o Galo em Família era na sexta e as Cruzadinhas na quinta. Tirando a falecida cruzadinha, as postagens chegam sem dia certo, a qualquer hora do dia…

Após o momento ombudsman, vamos às fotos do Galo em Família, que também traz um vídeo representando a alegria do Atleticanos atualmente.

 (Envie sua foto para [email protected])

 Outras postagens do Galo em Família

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Youtube 2

Leia Mais

Galo em Família Especial – Maria Eduarda

Relato da mãe da Maria Eduarda, Andréia Bizarria e Maia, durante e após o período de internação da Duda (quase 4 meses):

Dia 17 de setembro de 2008, depois de 38 semanas de gestação de alto risco, muitas idas ao hospital e postos de saúde, nasce no Hospital das Clínicas (de cesárea) Maria Eduarda Bizarria Maia Ferraz. Ao ser apresentada a mim pelo pediatra, fui comunicada que minha filha era portadora de Síndrome de Down. Não vou mentir, foi um baque, pois como na minha família já temos outros casos, sabemos que começaria uma grande luta em nossas vidas.  Porém, tiramos tudo de letra, pois tudo que os médicos haviam falado que a Maria Eduarda não faria, Duda estava fazendo tudo e mais um pouco.

Com um mês de vida, foi detectado um sopro sistólico (cardiopatia congênita) que falando em nossa língua, o coração da Duda teria que ser reconstruído, pois o dela não tinha “nada” por dentro. Dia 02/02/2009, Duda que aguardava em casa para realizar a cirurgia no dia 19/02, passou mal e a levamos para o Hospital das Clínicas. Diagnosticado pneumonia e ela ficou três dias no corredor do hospital, pois não tinha vaga para ela na enfermaria, onde ela foi medicada e liberada no dia 05/02, pois estava correndo mais riscos de pegar outras doenças e infecções. Dia 06/02 Duda não aguentou ficar sem a ajuda de oxigênio e fomos para o CGP (Centro Geral de Pediatria), onde ela foi internada. No dia 09/02 Duda nos deu um susto, teve uma parada cardíaca, mas como DEUS é maior, o Médico dos Médicos, Duda voltou rápido com a benção do nosso Senhor. Dia 10/02 foi outro susto, Duda teve hipotermia, ou seja, sua temperatura do corpo chegou a 33 graus, e meu coração pedia para tirarmos ela daquele hospital o mais rápido possível. Com muito custo, Duda foi transferida para a Santa Casa no dia 11/02, onde a cirurgia teve que ser adiada, pois na internação Duda pegou uma infecção grave no sangue. Mas a mão de DEUS, que sempre está sobre ela, mais uma vez a curou. A  cirurgia foi programada para o dia 26/02, pois o tratamento da infecção acabaria dia 25/02 e Duda não poderia esperar mais.

Porém, ela ficou de meia noite às cinco da tarde em jejum e teve 05 (cinco) AVC’s e outra parada cardíaca, e mais uma vez quase a perdemos. Então pedi mais uma vez a transferência dela para outro hospital, o Biocor, pois lá é um hospital especializado em tratamento cardiovascular. Ficamos esperando a vaga dela, que não foi possível, devido ao alto risco da transferência dela para outro unidade.

Após quase 2 meses de internação, tendo pneumonia, anemia, transfusões de sangue, infecção, 05 (cinco) AVC’s e 02 (duas) paradas cardíacas, Maria Eduarda, chegando ao limite dos seus seis meses de vida e prazo para a realização da cirurgia, foi operada.  A cirurgia foi um sucesso, mais uma vez graças ao nosso bondoso e misericordioso DEUS. No total, foram quase 04 meses de internação, onde Duda buscava a todo instante forças para sobreviver. Enquanto muitas pessoas brincam de viver, Duda vive cada segundo de sua vida com muita alegria, mesmo tendo que ter ajuda para respirar, estando toda furada para a realização de inúmeros exames de sangue, sem ver a luz do dia por todo esse tempo, sem poder ao menos sair do quarto do hospital, ela sempre acordou com um lindo sorriso no rosto.

Não bastando todo o sofrimento que passamos, principalmente a pequena Duda, com 11 meses de vida, fomos surpreendidos com o diagnóstico, em uma consulta de rotina, que Duda estava com a gripe suína. Ela ficou 10 dias internada no hospital Mater Dei, onde os médicos, por um dia, chegaram a achar que perderíamos a pequena Duda. Mas, como sabemos que para DEUS nada é impossível, DUDA teve alta e se recuperou surpreendentemente bem.

Hoje, com 1 ano e três meses de vida, Duda é uma criança COMPLETAMENTE NORMAL. Não teve NENHUMA SEQUELA, é uma criança super esperta e está se desenvolvendo além das expectativas dos médicos que a acompanham desde bebê (entre nutricionistas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e psicólogos), tudo realizado através do SUS.

Temos a certeza de que a nossa DUDA chegou em nossas vidas e nas de muitos que ouviram e ouvirão nosso testemunho para mostrar valores que perdemos em nossa caminhada.

Pedimos para que cada pessoa que ouvir a história da Maria Eduarda, que reflitam por um minuto no que estão fazendo de suas vidas, pois mais do que nunca, temos a certeza de que A VIDA VALE OURO!!!

Andréia Bizarria e Maia (mãe da Menina dos Olhos de DEUS – DUDA).

Fotos variadas

 (Envie sua foto para [email protected])

Leia Mais