VERDADEIRA PELE – A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Mostramos ontem a primeira parte da coleção do Atleticano André de Paula, que conseguiu uma camisa de cada titular na Libertadores, além de outras especiais para representar cada jogo da conquista Alvinegra. Confira os Mantos que são guardados a sete chaves.

Clique aqui para ler a primeira parte

*Os textos nas fotos foram escritos pelo próprio colecionador.

07 donizete VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Ele não esteve na reta final, mas foi peça importante para Cuca desde o Brasileiro 2012. A camisa devia estampar o nome Leão Donizete, tamanha a luta do volante dentro de campo.

 

08 goleiro VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Victor não deu chances para os outros goleiros na Libertadores. Giovanni entrou em campo em algumas partidas no Brasileiro, mas na Libertadores poucos perceberam que ele vestia um uniforme verde no banco de reservas. O 12, que pertence à Massa, foi utilizado por ordens da Conmebol. Mais uma relíquia na coleção!

 

08 jogo treino VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Tardelli tem um hábito que o Atleticano adora. Ele sempre balança as redes do São Paulo. Dono da 9 há alguns anos, o Manto do artilheiro agora divide o espaço no guarda-roupas ao lado de outros ‘noves’ de tantos craques que usaram o número de goleador no passado.

 

09 luan VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Sem dúvida Ronaldinho, Victor, Tardelli, entre outros, terão milhares de fãs por toda a vida, mas entre as camisas de tantos craques, o André quis que o primeiro autógrafo fosse do jogador que ele admira e considera como um ídolo especial – Luan, o dono da 27. Fã que é fã corre atrás de todas as relíquias, por isso a camisa do Mundial também já está na gaveta.

 

09 victor VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Se o nome é Victor, vale ter camisa branca, cinza, preta ou da cor que estiver disponível. A camisa usada contra o Tijuana, no México, é idêntica à da estreia, porém, dessa vez o tribal estampou a parte da frente. Uma pessoa distraída diria que são camisas iguais, mas os olhos de um colecionador buscam todos os detalhes.

 

10 réver VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

A camisa do zagueiro artilheiro pode ser também a camisa de zagueiro de Copa do Mundo. O gol do gigante trouxe uma tranquilidade aos Atleticanos que seria momentânea. No mesmo jogo, Réver levaria amarelo após a marcação do pênalti e vermelho após a partida.

 

10 victor VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Se é difícil para o torcedor conseguir todas as camisas de goleiro vendidas em loja, imagina quantas noites de sono um colecionador perde até conseguir todos os modelos usados na Libertadores. Agora multiplique mil vezes essa batalha, pois estamos falando de São Victor do Horto. Deu trabalho, mas valeu a pena.

 

11 gilberto VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Entre todas as peças adquiridas, três jogadores não estarão na Libertadores de 2014 – Bernard, Júnior César e Gilberto Silva. Fica a camisa e o autógrafo do ídolo que deixou sua marca na história Atleticana.

 

12 guilherme VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Talvez a camisa de Guilherme não estivesse entre as prioridade para a coleção no início da Libertadores, mas depois de um chute que trouxe luz ao Independência, o número 17 ficou disputado entre os colecionadores.

 

13 marcos VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Eleito o melhor lateral direito do país nos últimos dois anos, Marcos Rocha é candidato forte a aumentar a lista de jogadores que participaram do título, mas que não terão a chance de lutar pelo bi. Caso ele saia, a segunda pele está garantida.

 

13 trocada em campo VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Se o placar fosse outro, talvez essa camisa não viesse para Belo Horizonte, mas com o grito de campeão vale até guardar uma recordação da final e do rival

 

14 leo silva VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Leonardo Silva ainda não sabe o que aquela escorada de cabeça representou para os Atleticanos. Enquanto viver, haverá um Atleticano pedindo para contar como foi, querendo foto ou um autógrafo. Poucos conseguirão a assinatura na própria camisa usada na Libertadores. O André conseguirá.

 

14 cuca VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Cuca virou um símbolo de fé e elo com a torcida pelas frases e reações. Sua camisa não tem número, então resta guardar a que o treinador usou na comemoração, enquanto Réver erguia a taça. O modelo é diferente do que foi vendido na Loja do Galo, pois traz o patrocínio do Banco BMG.

 

bola da liberta autografada VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Apesar de ser colecionador de camisas, quando se tem uma bola autografada pelo time, o Atleticano decide guardá-la em meio a tantos tesouros.

 

1506020 586880118052145 2069166331 n VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

É tanto objeto que pertencia a São Victor, que daria para montar um museu. Camisas de todas as cores, shorts, luvas e até a chuteira que isola bolas com o pé esquerdo. Uma coleção mais que especial.

 

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

VERDADEIRA PELE – A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Já mostramos no Cam1sa Do2e a coleção do André de Paula com relíquias de todas as épocas, mas dessa vez o cara vai fazer muito Atleticano sentir um cisco de inveja na frente da tela. Ele queria uma camisa da Libertadores para a coleção, depois queria uma camisa de jogo e uma de visitante, aí vieram os milagres de São Victor… Acabou a Libertadores, veio a taça e havia uma camisa para representar cada jogo da conquista.

É tanta camisa que dividimos a publicação em duas partes para contarmos os detalhes de cada uma. Mais feliz que o André, só o Kalil que dormiu com a taça.

 

*Os textos nas fotos foram escritos pelo próprio colecionador.

01 estreia VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Todos lembrarão da água, de Ceni, de Ronaldinho e Marcos Rocha, mas poucos se lembrarão que foi Jô quem balançou as redes aos 13 minutos. O André irá se lembrar, pois tem a camisa 7 do cara que voa para comemorar com R10.

Ao contrário do Campeonato Brasileiro, a Conmebol exige número na parte da frente. O detalhe é que o André não aprovou a camisa da Lupo em 2013, mas nem por isso deixou de ter dezenas dela.

 

01 victor estreia VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Ao lançar a camisa para a temporada 2013, a Lupo enfrentou problemas de direitos autorais com o Galo tribal que estampava a parte da frente da camisa de treino e goleiro. Enquanto resolvia a pendência nos bastidores, o goleiro Victor entrou em campo contra o São Paulo sem o tribal, que voltaria na sequência da competição. Essa é um tesouro que não existe preço para os colecionadores.

 

02 arsenal com 3 de bernard VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Ano passado fiquei na dúvida se comprava a camisa do Bernard, pois tinha certeza que era a última chance disso acontecer. Não comprei e me arrependi. O André não cometeu o mesmo erro e poderá contar que foi o Manto do moleque atrevido que balançou a rede de argentinos e chamou a atenção do mundo.

 

03 strongest VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Além de Bernard, outro jogador que tem um pedacinho da taça exposta na Sede de Lourdes é Júnior César. Se todos os números estivessem à venda na Loja do Galo, com certeza muitos comprariam a camisa do lateral que não víamos há muitos anos no Atlético. O André queria também a camisa do Júnior em 2014, mas não será possível.

 

04 tardelli VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

No ano 2000, o Atlético usou 44 modelos diferentes de camisa. O André tem 40 deles. Muitas camisas entram em campo somente uma vez e ganham um novo detalhe no  jogo seguinte. Contra o The Strongest, na Bolívia, a camisa de Diego Tardelli foi usada somente naquela partida. O manto pé-quente deu sorte e o camisa 9 marcou o primeiro gol da vitória.

 

05 arsenal victor VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Outra camisa usada somente em um jogo foi a branca de Victor, contra o Arsenal, em BH. Ele não sabia que a camisa da sorte seria outra…

 

05 arsenal VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Ter tantas camisas da Libertadores e não ter a de Ronaldinho é como ser vice invicto. Claro que o André garantiu uma do gênio. Colecionadores do mundo inteiro querem a 10 de um dos maiores da história e um dos principais responsáveis pelo título inédito na história do Atlético.

 

06 pierre VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Ao lado de Ronaldinho, outro que começou a mudar a história do Galo foi Pierre. Mesmo nos momentos de apagão do time, Pierre procura incendiar a arquibancada com sua raça de sempre. Ídolo e eterno dono da 5.

 

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

VERDADEIRA PELE – DIEGO MARQUES

1240607 1406684816224051 1743166753 n 275x300 VERDADEIRA PELE   DIEGO MARQUESNormalmente postamos coleções de camisas do Galo, mas o Diego Marques nos enviou fotos das camisas da Galoucura que ele reúne há anos e abrimos uma exceção. O maluco também guarda adesivo, boné, bermuda e tudo que encontra da torcida. Claro que não podia faltar o Manto Alvinegro nesse guarda-roupas e ele já manda avisar que não vende nada, nem do Atlético, nem da Galoucura. Quando não está com as camisas da coleção, o escudo tatuado no peito garante o Atlético ao seu lado o dia inteiro. Confira a coleção do Diego Marques.

Confira outras coleções

Facebook do Diego Marques

1463469 1475797069312825 1105915544 n 168x300 VERDADEIRA PELE   DIEGO MARQUES1470170 1475796929312839 1081917443 n 168x300 VERDADEIRA PELE   DIEGO MARQUES

Desde quando você coleciona as camisas da Galoucura?

Diego: Desde de 2002, meu irmão mais velho era da torcida também e me dava algumas. Eu sempre guardava e comprava também, mas nunca tive coragem de vender nenhuma ou dar para alguém. Estou sempre guardando tudo até hoje.

Prefere guardar todas ou usa no dia a dia?

Diego: Usava mais as atuais para preservar as antigas. Principalmente as do Barreiro, onde eu era presidente da região, mas saí da torcida esse ano.

1466192 1475797382646127 1732947536 n 168x300 VERDADEIRA PELE   DIEGO MARQUESRecebe propostas pelas suas camisas do Galo também?

Diego: Ontem apareceu uma proposta de 300 reais pela camisa de 95 anos e eu recusei. Também não vendo nenhuma.

Guarda tudo que é da TOG, tipo adesivo, boné e etc.?

Diego: Tudo. Desde boné e adesivo, ate pulseira, flyer de eventos das torcidas. Tudo.

E você tem de outras torcidas?

Diego: Parei de trocar material de torcida em 2007. Troquei e arrependi. Muito material antigo da TOG que não encontra mais, tipo bolsa de viagem.

Tem alguma camisa da sorte?

Diego: A da Escola de Samba. Usei contra o Tijuana e na final. Decisão agora é só com ela.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

1459798 1475797139312818 567884755 n 168x300 VERDADEIRA PELE   DIEGO MARQUES1483322 1475797092646156 1756424924 n 168x300 VERDADEIRA PELE   DIEGO MARQUES

1479022 1475797739312758 1946170805 n 168x300 VERDADEIRA PELE   DIEGO MARQUES1469850 1475798955979303 1287412629 n 168x300 VERDADEIRA PELE   DIEGO MARQUES

Verdadeira Pele – Thiago de Castro

970230 371267526307434 280613581 n 156x300 Verdadeira Pele   Thiago de CastroDezembro de 2011 fez com que muitos Atleticanos falassem e agissem com um coração machucado. Muitos prometeram não ir aos estádios, outros prometeram que sequer cantariam o hino Atleticano e houve até aqueles que diziam que esqueceriam a vida ao lado do Galo daquele mês em diante. Dezembro ficou para trás e o povo voltou pro estádio cantou o hino e viveu ao lado do Galo. O Thiago de Castro continuou na arquibancada, mas seu pecado foi vender parte da coleção de camisas na época. Estava triste, decepcionado e agiu com a emoção do momento. Quando percebeu o que tinha feito, resolveu compensar e retomou a coleção com fôlego total. Confira!

Confira outras coleções

Facebook do Thiago

1148271 400912840009569 255641996 n Verdadeira Pele   Thiago de Castro

Muitos colecionadores procuram por camisas da década de 70, 80. Qual é a mais antiga da sua coleção? Thiago: Eu não tenho muito tesão pelas camisas da década de 70, porque eu prefiro as que eu vi e que acompanho o time, desde 1983. Eu tinha uma do Reinaldo que o marido da minha prima me deu, assinada por ele, de 77. Ele falava que quando falecesse, iria deixá-la no testamento pra mim. Acabou morrendo cedo e a mulher dele me deu. Uma relíquia. Mas a vendi, assim como vendi grande parte da minha coleção depois de um dos dias mais tristes da minha vida, que foi a goleada no dia 4 de dezembro de 2011. Tenho a da década de 80, de 1988, do Moacir.

1174352 400910420009811 1277592789 n 226x300 Verdadeira Pele   Thiago de CastroTem algum xodó que você demorou a conseguir, pelo modelo ou por ter uma história bacana? Thiago: Todas as minhas atuais camisas, que hoje somam 104, são meus xodós. Sou conhecido por andar sempre com camisas do Galo. Mas uma que pode ser considerada difícil e que não tinha na minha outra coleção é a do Taffarel laranja, adquirida há duas semanas atrás, na comunidade do Galo.

As mais raras podem ser usadas no dia a dia ou não saem da gaveta? Thiago: Não tenho essa de deixar de usar as mais raras. Uso todas, sem exceção. Cada dia trabalho com uma diferente. Acho que elas tem que ser apreciadas, não ficarem só em fotos e escondidas.

Existe um preço limite para pagar por uma camisa ou se encontrar alguma que procurava há muito tempo, coloca a mão no bolso sem pensar duas vezes? Thiago: Não faço nenhuma loucura para adquirir. Tenho os pés no chão, mas já paguei muito caro em algumas, tipo quinhentos reais. 1097595 400912243342962 1854360666 n 225x300 Verdadeira Pele   Thiago de Castro

A camisa deve ficar limpa para sempre ou o colecionador pode pegar autógrafo de jogadores? Thiago: Camisas do Galo, limpas sempre, podendo lavar com cuidado, não gosto de autógrafo de jogadores. Tenho uma com o autógrafo do Reinaldo e estou tentando apagar. Não sou fã de jogadores, e sim da instituição Clube Atlético Mineiro, meu amor maior.

A coleção aceita camisas de torcidas organizadas ou só as do time? Thiago: Não tenho mais camisas de torcidas organizadas. Tinha muitas camisas da Galoucura, por fazer parte da torcida entre 1994 a 2007, e de todas aliadas, mas dei todas elas para outras pessoas. Atualmente, tenho duas camisas da Dragões da FAO, pois alguns membros são meus amigos. Não conto camisas de torcida, agasalhos e moletons como número da coleção. São só camisas de jogo que conto. Ao todo, tenho cento e quarenta e uma camisas.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

1305409 400913100009543 1734888135 n 244x300 Verdadeira Pele   Thiago de Castro

1174362 400911353343051 1125726883 n 232x300 Verdadeira Pele   Thiago de Castro1208965 400913056676214 1299135206 n 247x300 Verdadeira Pele   Thiago de Castro

1305432 400912996676220 2138728348 n 236x300 Verdadeira Pele   Thiago de Castro1232722 400910963343090 1209669493 n 300x300 Verdadeira Pele   Thiago de Castro

Verdadeira Pele – Dalton Estrela

1062216 10200435198111141 3018006 n 283x300 Verdadeira Pele   Dalton Estrela

Conheço poucas pessoas que vivem para o Atlético como o Dalton Estrela. E não falo somente das ocasiões em que a bola rola, pois esse é um Atleticano que topa virar a noite soltando foguete em um hotel, passar madrugadas em uma estrada até chegar no local do jogo, desmarcar compromissos para buscar um reforço… enfim, primeiro vem o Galo, depois o resto do mundo para o Dalton. Além de ser fã das camisas que carregam nosso escudo, ele também é louco por cachecóis e faz questão de guardar e usar todos.

Perfil do Dalton no Facebook

Confira outras coleções

1167708 10200435115069065 512521121 n Verdadeira Pele   Dalton Estrela

Qual foi sua primeira camisa do Atlético?

Dalton: Minha primeira camisa do Atlético eu ganhei do meu pai em 1986, era da Dias Sports, famoso Paraguai, mas na época era maravilhosa pra mim.

Compra as camisas logo que sai uma nova coleção ou espera até que fique a um preço acessível? 

Dalton: Atualmente compro quando gosto do modelo, mas a alguns anos atrás, só comprava na bacia das almas, no último minuto, tipo as vitórias do GALO nos últimos meses.

Tem algum xodó que você tem orgulho de mostrar? 

Dalton: A do melhor goleiro do mundo, Claudio André TAFFAREL, adquirida a pouco mais de um mês. 

Já deixou de fazer algo que queria muito para comprar uma camisa? 

Dalton: Sim, diversas vezes. Lembro que deixei de dar um presente de aniversário porque fui pra comprar o presente e vi a camisa comemorativa do GALO, a do Reinaldo em 77, na vitrine e lá mesmo ficou o dinheiro. A pessoa ficou sem o presente e tive que contar história. 

Já perdeu alguma camisa que você lamenta até hoje? 

Dalton: Sim, perdi uma camisa da Umbro de 2001, não me recordo pra quem emprestei e nunca mais devolveram. 

Qual o modelo de uniforme mais bonito que o Galo já lançou? 

Dalton: A camisa de 94 da Umbro, com patrocínio da Coca Cola pra mim foi a mais bonita. 

Quais os pontos positivos e negativos da Lupo até o momento? 

Dalton: Não destaco nenhum ponto positivo. O lado negativo é muito amplo, segue o apenas um dos contras. Novamente voltado para o lado comercial, acredito que a Lupo tentou dar um salto além do normal. Ofereceram um contrato financeiro bom ao GALO atendendo a demanda de toda a base ao profissional, porém, se esqueceu do mais importante, o Atleticano. Tenho certeza que eles não tinham noção do poder de compra da MASSA, ainda mais em um ano tão especial. Se tivessem confeccionado duzentas mil camisas antecipadamente, teriam vendido todas, só que a falta de estrutura não permitiu. Com isso, quem mais saiu perdendo foi o GALO porque o Estado é muito grande e mais de 70% das lojas de materiais esportivos que poderiam estar vendendo nem sequer receberam as camisas. 

Além dos mantos, você coleciona cachecóis. É outro vício? 

Dalton: Sim, coleciono. Comecei através do pessoal do Movimento 105 Minutos há alguns anos atrás. Ajudei na época com a compra de três cachecóis e sempre fui aos jogos com o mesmo, até surgir outros modelos. 

967560 10200435114989063 1743360809 n Verdadeira Pele   Dalton Estrela

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

Verdadeira Pele – Daniel Flisch

971636 396921087094122 1425695677 n 225x300 Verdadeira Pele   Daniel Flisch

Estava em um grupo de colecionadores de camisas do Atlético, no Facebook, e acompanhava a postagem com uma foto de uma camisa rara, do início da década de 90, à venda, sem preço definido. Começaram a surgir perguntas e propostas pelo tesouro em forma de tecido. Um dos Alvinegros que disputava o Manto era o Daniel Flisch, que já cogita fazer algum tipo de tratamento para não abrir o site do Mercado Livre à procura de promoções imperdíveis. A gente te entende, Daniel. A gente te entende…

Perfil do Daniel no Facebook

Confira outras coleções

A coleção conta com quantas camisas?

Daniel: Minha coleção conta com 71 camisas até o momento, incluindo agasalhos.

Qual é a mais antiga e o xodó?

Daniel: A mais antiga é a camisa home de 1994, patrocínio TAM. Porém, a primeira foi uma camisa
de 1996, número 15, usada pelo Lincoln no Mineiro daquele ano, em um jogo contra o Villa Nova. Foi a primeira vez que fui ao Mineirão e ganhei a camisa dele através de um radialista amigo. O Xodó da coleção é a camisa número 17, vestida e autografada pelo Bernard na final do Campeonato Mineiro de 2011, com patrocínio Tial nas mangas. Esse modelo de camisa foi usado somente naquele jogo.

224931 304928956293336 831736799 n 300x225 Verdadeira Pele   Daniel FlischNamorada ou família reclamam dos gastos com os mantos?

Daniel: Minha esposa reclama só se eu comprar mais de 3 camisas por mês hahahaha.

Costuma comprar camisa com o número relacionado a algum jogador especial ou qualquer número vale para a coleção?

Daniel: Compro qualquer camisa, independente do número. O que vale pra mim é o modelo.

Como você faria um terceiro uniforme para o Atlético atualmente?

Daniel: Para um terceiro uniforme eu faria uma camisa toda preta com detalhes prateados e voltaria
com a inscrição GALO, assim como nos anos de 1999-2000.

Alguns colecionadores não gostam de autógrafos nas camisas. Você deixa os jogadores autografarem as suas?

Daniel: Sempre procuro obter autógrafos nas minhas camisas. Acredito que as tornam mais valiosas. Tenho duas camisas autografadas pelo Ronaldinho Gaúcho, outras pelo Bernard, Réver, Cuca e Victor.

17930 304928392960059 647592683 n 300x225 Verdadeira Pele   Daniel FlischUsa até as relíquias no dia a dia ou todas ficam guardadas e não saem de casa?

Daniel: Tenho algumas camisas repetidas para usar no dia a dia. As relíquias ficam guardadas.

Qual é a camisa mais bonita e a mais feia que o Atlético já lançou?

Daniel: Na minha opinião, a camisa mais bonita é o primeiro uniforme de 2008, com escudo retrô e patrocínio Fiat em vermelho. A menos bonita fica com o segundo uniforme de 2011, que é somente um tecido branco com o escudo do Galo e o logo BMG.

Camisa de treino é prioridade como qualquer outra em uma coleção ou você só adquire se gostar muito do modelo?

Daniel: Camisa de treino eu procuro comprar mais barata no ano seguinte, quando o clube lança outra coleção ou quando consigo por um preço bacana.

Como você avalia a participação da Lupo no Atlético até o momento?

A qualidade da camisa atual da Lupo é indiscutível, principalmente a numeração nas costas, de primeira qualidade, com um material firme, que lembram camisas da NBA. Porém, estão deixando a desejar na disponibilização. Somente na loja física do Galo e em pouquíssimos sites de materiais esportivos se pode comprar essas camisas. A Loja do Galo na internet está em manutenção até hoje* e nós já estamos na metade do ano. O pessoal do interior não consegue comprar essa camisa.

*O site ainda não estava no ar quando a entrevista foi realizada.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

60065 304928496293382 1562547190 n 300x225 Verdadeira Pele   Daniel Flisch32625 374668389319392 1163672003 n 300x225 Verdadeira Pele   Daniel Flisch

60813 304928692960029 1961209316 n 300x225 Verdadeira Pele   Daniel Flisch215128 304928602960038 1064235875 n 300x225 Verdadeira Pele   Daniel Flisch

197690 377389789047252 903882381 n 300x225 Verdadeira Pele   Daniel Flisch281270 304928459626719 1477230417 n 300x225 Verdadeira Pele   Daniel Flisch

Verdadeira Pele – Fernando Brandão

250798 265970810182441 2091375492 n 300x225 Verdadeira Pele   Fernando BrandãoUm colecionador vê uma camisa do Atlético do outro lado da rua e atravessa para ter certeza que já tem aquela em sua coleção. Se não tem, ele oferece o dinheiro que estiver no bolso, o tênis, a escritura da casa e os filhos. Tirando um pouco de exagero, assim é o Fernando Brandão, personagem de hoje do Verdadeira Pele.

Fernando Brandão no Facebook

Confira outras coleções

A coleção conta com quantas camisas?

Fernando: A coleção tem 62 camisas hoje.

Qual é a mais antiga e o xodó?

Fernando: A mais antiga é uma de pano da Coca-Cola, tem uma boa história, pois a comprei de andarilho, ou pode-se dizer, um mendigo. Estava andando na rua, ofereci 20 reais e o cara aceitou na hora com um belo sorriso banguela. Abri uma sacola e ele jogou a camisa lá dentro com seu odor característico de limão. Depois de várias lavadas ela pode ser utilizada hoje. Na época fiquei com receio de ser camisa retrô, mas pelo jeito é da época mesmo. A xodó já é da linha retrô de 1970, com vários autógrafos dos jogadores campeões de 1971 que consegui por sorte no lançamento em um bar já extinto em BH.

598942 413207808731731 1803034211 n 225x300 Verdadeira Pele   Fernando BrandãoNamorada ou família reclamam dos gastos com os mantos?

Fernando: A família e a namorada apoiam os gastos e presente de aniversário ou natal sempre tem novos itens para a coleção.

Costuma comprar camisa com o número relacionado a algum jogador especial ou qualquer número vale para a coleção?

Fernando: Não tenho preferência de numero para compra não, normalmente os tradicionais 10, 12 ou 13. Uma vez peguei uma exclusiva do Marcos Rocha depois de ficar “brigando” com outros dois Atleticanos pela camisa que ele jogou para a torcida e perder na sorte.

Como você faria um terceiro uniforme para o Atlético atualmente?

Fernando: Terceiro uniforme faria em preto e branco dando ênfase no Galo Volpi de uma forma estilizada.

Alguns colecionadores não gostam de autógrafos nas camisas. Você deixa os jogadores autografarem as suas?

Fernando: Tenho alguma camisas autografadas por jogadores que acho que valem a pena, mas prefiro sem autógrafos mesmo.

Usa até as relíquias no dia a dia ou todas ficam guardadas e não saem de casa?

Fernando: As relíquias eu não uso de modo algum. Ficam guardas e só utilizo as mais recentes, sempre tendo uma camisa da sorte. Hoje a da sorte é a de treino de 2012.

580038 413208468731665 2030862412 n 225x300 Verdadeira Pele   Fernando BrandãoQual é a camisa mais bonita e a mais feia que o Atlético já lançou?

Fernando: Todas as camisas do Galo são lindas, mas a de 1999 é a minha preferida. A mais feia não existe, mas sou do grupo que foi contra a camisa rosa, porem também comprei para a coleção. Está até hoje lacrada no plástico com etiqueta e tudo.

Como você avalia a participação da Lupo no Atlético até o momento?

Fernando: Sou extremamente a favor de fazer o contrato mais vantajoso financeiramente, porém ela vem deixando a desejar na reposição do estoque. O material da camisa achei até melhor do que o anterior. Tenho vontade de ter uma camisa do atlético com a Adidas, mas tudo tem a sua hora.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Youtube 2

598355 413207412065104 1205105690 n 225x300 Verdadeira Pele   Fernando Brandão428454 413208022065043 764729317 n 225x300 Verdadeira Pele   Fernando Brandão

521309 413207092065136 738699389 n 225x300 Verdadeira Pele   Fernando Brandão421495 413207572065088 331927595 n 225x300 Verdadeira Pele   Fernando Brandão

538422 413206455398533 1061818196 n 225x300 Verdadeira Pele   Fernando Brandão581336 413205675398611 297127209 n 225x300 Verdadeira Pele   Fernando Brandão