Planejamento, equipes alternativas, e um bom papel em 2017. Saiba mais sobre os resultados e destaques da base alvinegra

Por:
07/06/2017 - 15:35

Título e boas campanhas fazem parte do satisfatório desempenho alvinegro nas categorias inferiores em 2017, mas algumas atuações não tão boas também são notadas.

Na primeira competição do ano o Galo foi com uma equipe sub-17 para a Copa São Paulo de Futebol Júnior, que é um torneio sub-20, e obteve bons resultados, mesmo em meio a algumas circunstâncias adversas. Apesar de ter sido eliminado na segunda fase pelo Botafogo, com uma derrota por 3 a 0, a postura do Galinho deve ser destacada.

Em sequencia veio a Copa do Brasil Sub-20, que ainda está em disputa. O Galo eliminou o Atlético-GO, a Ponte Preta, o Botafogo, a Chapecoense, e por fim, o Vasco, em uma virada sensacional, que levou a equipe alvinegra a final da competição nacional. A final será diante do Flamengo, e o Galo tem tudo pra buscar a taça. Em oito jogos na competição, o Galo tem seis vitórias e duas derrotas, tendo marcado dezoito gols e sofrido apenas seis.

Se pudéssemos destacar alguns jogadores que estão fazendo parte dessa campanha vitoriosa na Copa do Brasil Sub-20, o meia Marco Túlio, que é o artilheiro da equipe na competição, com cinco gols, e o atacante Flávio, tem feito a diferença. Outro jogador mais ofensivo que tem ido bem é Marquinhos, que já havia feito uma boa Copa São Paulo. O treinador é o ótimo Ricardo Resende.

Em meio a Copa do Brasil Sub-20 o Galo levou uma equipe alternativa a Europa para a disputa de dois campeonatos da categoria sub-19, o Torneio de Terborg, e o Torneio de Ennepetal. O primeiro, disputado na Holanda, foi conquistado mais uma vez pelo Galinho, e no segundo, que aconteceu na Alemanha, o Galo ficou com a vice colocação.

Em Terborg o Galo fez cinco jogos, obtendo três vitórias e  dois empates. Já em Ennepetal o Galinho conquistou dois resultados positivos, dois empates e um resultado negativo. A base das equipes foi a mesma.

Alguns destaques da boa campanha atleticana na Europa são o goleiro Thiago Valle, que teve uma grande importância se destacando principalmente na disputa por penalidades, o meia Leonardo Oliveira, que tem passagens pelas divisões de base da Seleção Brasileira, e o atacante Igor Reis (Futrica), responsável por grande parte dos gols alvinegros.

Ainda em 2017 a equipe sub-20 atleticana também disputou algumas partidas do quadrangular final do Campeonato Mineiro Sub-20 do ano anterior. O Galo ficou com a segunda colocação.

Além dessas competições que já se encerraram, ou que estão perto do fim, o Galinho tem suas equipes Sub-15 e Sub-17 disputando os estaduais da categoria, aonde as equipes vem obtendo resultados satisfatórios. O sub-15 possui seis jogos no estadual, sendo que em cinco deles saiu vitorioso, e em um derrotado. O sub-17 tem a mesma campanha.

Ainda ao falar das equipes sub-15 e sub-17 não podemos deixar de lado as fracas campanhas em alguns torneios. O sub-15 foi eliminado na fase de grupos da Copa Brasil Sub-15, tendo sido derrotado nos três jogos disputados. Ainda neste ano o sub-15 também foi eliminado na fase de grupos da Nike Premier Cup Sub-15, onde em seis jogos o Galinho obteve duas vitórias, três empates e uma derrota. Voltando as atenções para a equipe sub-17, podemos citar a Copa Next como um ponto negativo, em três jogos, o Galo teve uma vitória e duas derrotas, sendo eliminado precocemente. Bruno Roberto tem se destacado com gols na equipe sub-17, enquanto Neto é o artilheiro da equipe sub-15 em 2017.

FOTO: DIVULGAÇÃO