Galo em Família – Atleticano de 90 anos realiza sonho

Imagens: Tv Alterosa

Envie fotos de seus familiares, com amigos, com o cachorro, periquito ou vizinho. Basta que a imagem especial tenha um toque de Atlético. O e-mail para enviar sua foto é [email protected]

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook | Orkut

Youtube 1 | Youtube 2 |Youtube 3

104 anos de Atlético – Audiência na Assembleia Legislativa

Um dia de Atleticanismo em Manaus

Na terça-feira, ao comprar ingresso para o jogo do Atlético, encontrei poucas pessoas na bilheteria do Sesi. Pensei que seria um jogo vazio e esquecido, mas na quarta feira, logo de manhã, pude ver algumas pessoas com a camisa do GALO circulando pelo centro da cidade. Quando se aproximavam das 17 horas (horário local, 18 horas horário de Brasília) vesti minha camisa e peguei um taxi rumo ao estádio.

No caminho até o estádio, o taxista puxou conversa comigo e me perguntou se eu era mineiro e se morava aqui em Manaus. Respondi que não, estava na cidade a trabalho e iria aproveitar para ver o jogo, pois iria ser o primeiro jogo do GALO no ano que tive oportunidade de ir, já que fico no norte do país a maior parte do ano.

Aí ele começou a contar umas histórias que eu já sabia, mas achei interessante por ser um cara da cidade e saber histórias do futebol e do GALO, já que, geralmente, o pessoal de Manaus torce para times do Rio de Janeiro.

Fiquei surpreso quando ele começou a falar que em meados dos anos 70 o GALO tinha uma parceria com o Nacional de Manaus e que o alvinegro de Minas chegou a emprestar jogadores como Toninho Cerezo, Campos, Ângelo e Paulo Isidoro para o Nacional. O senhor até tinha mais histórias para contar, mas já estávamos próximo ao estádio e tivemos que encerrar a prosa.

Chegando ao estádio parei para fazer um lanche e me deparei com 4 malucos em um carro, chegando com o hino do GALO no volume máximo. Nesse momento deu até uma leve lembrança do clima em dias de jogos do GALO em Minas.

Intruso do jeito que sou, pensei – Vou lá colar com os caras. – Chegando perto, nem precisei me apresentar, já fui recebido com gritos de GAAAAAAAAAAAAAAAAALO, e começamos a fazer nossa pequena farra lá mesmo, enquanto chegavam outros atleticanos. Quando assustei, já eramos uns 20, então entramos para o estádio cantando.

Fiquei sem palavras ao ver algumas bandeiras da torcida ‘GALO Manaus’, algumas outras faixas. Materiais que ficam na maior parte do tempo guardadas, esperando o dia de encontrarem o Atlético.

Conversei com alguns torcedores antes da bola rolar e a maioria eram mineiros que se mudaram para Manaus na época da abertura da Zona Franca. Também conheci alguns que nasceram lá, mas torcem para o Glorioso. Até um cara com a camisa do ‘Mequinha’ vi no meio da torcida.

Começou o jogo e antes mesmo de aquecer a garganta, Soutto abriu o placar.  O jogo estava na normalidade esperada, o time mandante com uma ou outra chance de perigo, mas o GALO era superior.  Pouco tempo depois do Penarol atacar com perigo, André ampliou o placar. Após o segundo gol, o time do Penarol abriu muitos espaços e se o Atlético colocasse o pé no acelerador faria uns 5 no primeiro tempo. Guilherme ajudou a se aproximar disso, marcando o terceiro. Classificação na mão, aí que o pé saiu do acelerador mesmo, e só voltou quando Berola deu assistência para André marcar o quarto.

A galera ainda comemorava o gol, quando Berola daria outra bola para André fazer uma pintura, de bicicleta, no ângulo e sem chances para o goleiro, que só foi na bola para sair no quadro, pois foi uma pintura.

Inclusive, após o apito final do juiz, alguns torcedores invadiram o campo e como eu estava próximo ao alambrado fiquei observando. Enquanto André dava entrevistas para a imprensa local, um cara ficou aguardando para tirar uma foto com André, até aí normal, mas o curioso é que este cara provavelmente estava torcendo para o Penarol, já que estava vestindo uma camisa do Flamengo.

Ao sair do estádio fui chamado pelos malucos que havia encontrado antes do jogo, ouvindo o hino no carro; após um lanche, ainda ganhei uma carona até o hotel.

No caminho do estádio até o hotel, uma trilha regrada a músicas do GALO em alto e bom som pelas ruas de Manaus. Do hino do Galo às músicas da Galo Rock Band, som que eles não conheciam e gostaram. O cartão de memória com os arquivos ficou como presente pra turma!

As ruas de Manaus jamais serão as mesmas, após serem contaminada pelo som do GALO e do Rock’n Roll.

Em uma noite, pude relembrar os jogos que viajava para ver o Atlético, reforçando a marca de ser pé quente, invicto em jogos fora de Minas.

GAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALO!!!

Adelson Metal

Fotos: Arlesson Sicsú

Adelson na Arena do Jacaré

Ficha do jogo – Penarol-AM 0x5 Atlético

Continuar lendo

Copa do Brasil – Artilheiros

*Jogos realizados até 11/04

6 gols -Guerrón (Atl.-PR); Luís Fabiano (São Paulo-SP)

5 gols – Jônatas Belusso (Juventude-RS)

4 gols – André (ATLÉTICO);  Jailson (Fortaleza-CE); Ramon (Goiás-GO); Ricardo Jesus (Portuguesa)

3 gols – Lúcio Maranhão (Asa-AL); Felipe Azevedo (Ceará-CE); Souza (Chapecoense-SC); Anderson Aquino (Coritiba-PR); Wallyson (Cruzeiro-MG);  Cleo (Fortaleza-CE); Léo Gago (Grêmio); Enrico, Roger (Ponte Preta-SP)

2 gols – Edson, Murilo (Abc-RN); Didira (Asa-AL); Fábio Lima (Atl.-GO); Jhonatan (Bahia de Feira-BA);  Herrera (Botafogo-RJ); Zé Carlos (Criciúma-SC); Egídio, Ricardo Goulart (Goiás); Bertoglio (Grêmio-RS); Bruno Mendes (Guarani-SP); Barcos, Leandro Amaro (Palmeiras-SP); Luisinho, Nilson (Paraná); Rychely (Paulista-SP); Hellinton, Kariri, Yago Picachu (Paysandu-PA); Marinelson (Penarol-AM); Danilo (Portuguesa-SP); Geílson (Santa Cruz-PE); Marcelo Pelé (São Mateus-ES); Marquinhos (Vitória-BA)

1 gol – Raul, Leandrão (Abc-RN); Bruno Meneghel, Gabriel, Kaio, Moisés (América-MG); Soares, Wanderley (América-RN); Baiano (Aquidauanense-MS); Alan (Asa-AL); Guilherme, Mancini, Réver, Soutto (ATLÉTICO); Gilson, Joilson, Marcão, Marino, William (Atl.-GO); Harrison, Marcinho, Patrick (Atl.-PR); Diones, Gabriel, Rafael Donato, Souza (Bahia); Carlinhos, João Neto (Bahia de Feira-BA); Marlon (Boavista-RJ); Loco Abreu, Renato (Botafogo-RJ); Bachin, Luan (Brasiliense-DF); Romário (Ceará-CE); Márcio (Cene-MS); João Paulo, Leandrinho (Chapecoense-SC); Jonas, Paulinho Messejana (Comercial-PI); Everton Ribeiro, Tcheco (Coritiba-PR); Gilmar, Nirley, (Criciúma-SC); Anselmo Ramon, Léo, Rudnei, Walter (Cruzeiro-MG); Fernando (Cuiabá-MT); Vieira(Espigão-RO); Geraldo, Rafinha, Rômulo (Fortaleza); Iarley, Rafael Toloi (Goiás); Kleber, Marcelo Moreno, Miralles, Werley (Grêmio); Neto, Fumagalli (Guarani-SP); Evertom, Urânio (Gurupi); Elanardo, Jô, Mateus Gadelha (Horizonte); Kaká, Moisés (Ipatinga); Leo Maringá (Juventude); Raul Prata, Valdir Papel (Luverdense); Cesinha, Derley (Náutico); Juninho, Maikon Leite, Marcos Assunção (Palmeiras); Alex Bruno, Wellinton Silva (Paraná); Adriano Magrão, Leandrinho, Rafael Oliveira (Paysandu-PA); Fábio Bala, Rondinelli (Penarol-AM); Rodrigo Pimpão (Ponte Preta-SP); Ananias, Diego Souza, Raí (Portuguesa); Fábio Oliveira, Jaime, Joãozinho, Magnum, Reis (Remo); Almir Sergipe, Jonhatan, Lelê (River Plate-SE); Dênis Marques, Memo (Santa Cruz); Elton, Gabriel, Galvan (Santa Quitéria-MA); Cléo, Edgar (Sampaio Corrêa); Binho (Santa Cruz-RN); Bruno Alemão (São Mateus); Cícero, Maicon, Osvaldo, Rhodolfo (São Paulo); Rodrigo, Dudu (Sapucaiense-RS); Bruno Aguiar, Jael, Marcelinho Paraíba, Renato (Sport-RE); Amaral Rosa, Manu (Treze-PB); Arthur Maia (Vitória-BA)

Contra

1 – Thiago Mendes (Goiás-GO); Belém (River Plate-SE), Danilo (Santa Cruz-RN)

Foto: Bruno Cantini

Clique aqui e confira a tabela completa.

Fael Lima


Resultados da Copa do Brasil

Imagem: Gustavo Ferreira

11/04

Encerrado

Grêmio (RS) 3×0 Ipatinga – Grêmio classificado

Coritiba (PR) 3×0 Asa (AL) – Coritiba classificado

Penarol (AM) 0x5 ATLÉTICO – ATLÉTICO classificado

Goiás (GO) 4×3 América (MG) – Goiás classificado

ABC (RN) 1×1 Vitória (BA)

Chapecoense (SC) 1×1 Cruzeiro (MG)

Ceará (CE) 2×2 Paraná (PR)

Sport (PE) 1×4 Paysandu (PA) – Paysandu classificado

Remo (PA) 2×1 Bahia (BA)

Bahia de Feira (BA) 2×5 São Paulo (SP) – São Paulo classificado

12/04

Atl. Paranaense (PR) 5×1 Criciúma (SC)

Portuguesa (SP) 4×0 Juventude (RS)

Fortaleza (CE) 4×0 Náutico (PE)

Clique aqui e confira a tabela completa.

Fael Lima

Mandioca na raposa

Cruzeirenses, recebendo mandioca nas costas desde o Palestra Itália.

Especialmente pro Portal da Massa e Zé Alexandre.