AOS HUMANOS QUE VESTIRÃO NOSSA CAMISA

Colunistas Fael Lima2 AOS HUMANOS QUE VESTIRÃO NOSSA CAMISA

O texto a seguir não é para o Atlético ou para o Atleticano. Todos nós sabemos o que passamos desde que conhecemos o Galo e quão importante é esse momento, mas quero agora falar com as pessoas que fizeram de 2013, o melhor ano das nossas vidas.

Agradeço desde já em nome dos milhões de Alvinegros que vocês não conhecem, mas que fizeram sorrir, festejar e ter uma vida melhor, já que o Galo interfere diretamente em nosso dia a dia. Lembraremos de vocês quando deixarem o clube e também seremos lembrados pelo que fizemos nas arquibancadas.

Eu não sei até onde vai o tal profissionalismo, se ele lhes permite chorar por uma camisa ou perder uma noite de sono antes de uma decisão. Quando o ônibus do clube passa pela rua de fogo, o vidro que nos separa impede que olhemos no olho de cada um para ver qual brilha mais. A única certeza que tenho é que ali estão seres humanos de carne e osso (exceto o Ronaldinho), e a história de vida de cada um daria um livro.

luan chora bruno cantini 200x300 AOS HUMANOS QUE VESTIRÃO NOSSA CAMISA

Foto: Bruno Cantini

Vocês chegaram até aqui porque são os melhores. Não deve ter sido fácil para o Pierre treinar com o celular no short, enquanto a filha estava na UTI, assim como os olhares que Ronaldinho dava para o telefone com a mãe em tratamento contra o câncer. O medo de Gilberto Silva ao deixar o interior, ainda jovem, para uma nova vida, a desconfiança do mundo sobre Jô, Guilherme, Marcos Rocha se tornou certeza graças ao suor que cada um deixou no trabalho. Aprenderam a mágica de transformar os problemas em combustível.

A saudade que o Réver sentiu de tantas pessoas quando morou na Europa talvez não seja tão intensa quanto a saudade que Luan sentiu do pai que não teve ou da vó que lhe criou, mas o deixou ainda jovem. A essência do sentimento é a mesma. Vocês são iluminados, mas correram muito em direção a essa luz. Antes de provar que batiam forte, suportaram as pancadas e por isso se identificaram tanto com essa camisa Alvinegra. Vocês se parecem com o povo que canta o hino após uma queda e isso gera uma força sobrenatural para continuar a caminhada.

miguelina bruno cantini 200x300 AOS HUMANOS QUE VESTIRÃO NOSSA CAMISA

Foto: Bruno Cantini

O fundo do poço pode ter chegado para cada um de vocês, mas centímetro a centímetro, todos se agarraram nas paredes e do fundo do poço, chegaram ao topo do mundo. Mais que adversários de camisas vermelhas, listradas ou brancas, diante de vocês estarão os dias em que nada deu certo, a dificuldade pessoal ou profissional que quase te levou a nocaute, mas que recuou e agora irá tremer diante da sua sede de vitória.

Nós nunca nos imaginamos vencendo os fracos. Sempre que a cabeça toca o travesseiro e nos imaginamos em momentos de glória, são os gigantes que visualizamos caindo diante dos nossos pés.
Vocês tem a chance de enfrentar os gigantes e tornar realidade o que os travesseiros da vida levaram até suas cabeças e corações. Se eu pudesse escolher vinte e três pessoas para representar o Atlético do outro lado do mundo, escolheria vocês, pois vocês são os melhores.

Pra cima deles!

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

GALO EM FAMÍLIA – PEQUENO NARRADOR

 (ENVIE SUA FOTO PARA [email protected])

 Outras postagens do Galo em Família

Uma família inteira prometeu que todos fariam tatuagens, caso o Galo conquistasse a América. Até o pai, que não era fã de tatuagem, escreveu Gallus Insannus (Galo Doido em latim) no braço.

Hoje também tem foto da filha do Matheus Rocha e os filhos do Sérgio, além do Gustavo que é filho de são paulinos, neto de santista e flamenguista, mas que escolheu gritar Galo. Para encerrar, tem a família Evangelista, o Claudinei e a irmã com o aniversariante Pedro e mais um montão de gente que eu não anotei o nome, inclusive um cachorro que agora quer ser dono do terreiro.

gustavo filho de são paulinos neto de santista e flamenguista 225x300 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADORfilha do sérgio munck 224x300 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

IMG 20131114 WA0035 225x300 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADORfilho do Sergio Munck 224x300 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

gallus Insannus q é galo doido em latim pai mãe e filhos 300x300 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

unnamed2 300x300 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

Galo dog 300x225 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

20130815 103537 300x225 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

filha do Matheus Rocha Ferreira 300x225 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

Familia Evangelista atelticana até doer 300x225 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

claudinei e a irma josiane no aniversario do sobrinho PEDRO 300x225 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

IMG 20130323 WA0013 300x169 GALO EM FAMÍLIA   PEQUENO NARRADOR

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

BENDITO SEA – CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

Vídeo editado por Alexandre Silva (Twitter) – Adaptação de um comercial da Quilmes

 

O que você faria se a porta de uma máquina do tempo se abrisse à sua frente? Você voltaria para dizer a você mesmo que dias melhores estavam por vir? Uns voltariam à década de noventa, outros fariam viagens mais longas até oitenta, setenta… Encontrariam quem não estava por aqui no título para celebrar o futuro. Ficariam na porta do Mineirão naquele  5 de março de 1978 convocando a todos para o próximo jogo, pois Réver levantaria a taça.

- Louco! Quem é Réver?

Talvez a mensagem do futuro trouxesse alívio para aqueles dias em que nos perguntávamos se nunca chegaria nossa vez. Veríamos o Mineirão cantando o hino após a queda, e enquanto lágrimas escorressem em todas as faces, você abriria um sorriso ao conseguir visualizar a cobrança de Giménez.

Eu sei que você implorou por uma bola dois centímetros acima quando Dida defendeu o chute de Guilherme. Ao abaixar a cabeça, você bateria no seu próprio ombro e diria.

- Ronaldinho irá colocá-la dois dedos acima.

Dois dedos. A diferença até o topo do mundo.

Quando caímos, um Atleticano no interior de Minas pendurou um quadro em seu bar com os dizeres “Separado para o pôster do Atlético campeão do mundo”.  Caso se trate de alguém que entrou pela porta da máquina, preferia não ver o quadro.

A viagem no tempo destruiria aquela adrenalina que me deixou em choque aos 48 do segundo tempo com a defesa de Victor. Saber o final e ver Leo Silva voando nos minutos finais ou Guilherme trazendo luz à escuridão não teria o mesmo sabor.

Os fantasmas da dúvida e da descrença estão mortos. Não olhe para trás agora, mas você viajou no tempo e consegue se observar neste momento, orgulhoso por fazer parte da geração que acredita. Talvez o gol venha nos segundos iniciais ou enquanto o árbitro leva o apito em direção à boca. Não sei e prefiro esperar. Meu coração agradece.

Nós podemos. Nós acreditamos. O mundo é nosso!

E você? O que você faria se a porta de uma máquina do tempo se abrisse à sua frente?

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

1453498 258393430976107 1510758478 n BENDITO SEA   CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

Foto: Daniel Teobaldo (Soul Galo)