O BRASIL PASSOU A ACREDITAR

B1w7HavCEAAStRE O BRASIL PASSOU A ACREDITAR

Foto: Daniel Teobaldo / Soul Galo

Sempre dissemos que a reunião de garotos no Parque Municipal, em 1908, criou algo que foi muito além do futebol. Surgiu o clima único das arquibancadas, grandes amizades se formaram, pessoas, muitas até mesmo analfabetas, conheceram outras cidades, estados e países para apoiar o Galo em campo. Pais e filhos que pouco se veem na vida corrida, se abraçam apertado na arquibancada, usam o balanço da rede para quebrar a timidez do dia a dia.

Agora o Atlético foi além. Ser Galo passou a ser um estilo de vida pelo país. Começou somente entre os Atleticanos, sempre citados como fiéis, apaixonados, que se entregam totalmente àquilo que faz bem ao coração. Hoje um cidadão comum enfrenta um problema em Manaus de cabeça erguida, afinal de contas, passou a noite arrepiado com o que viu na TV. No Nordeste, seja nos estádios ou na janela de uma casa qualquer, alguém solta o grito – EU ACREDITOOOO! – e dá início a um efeito dominó de pessoas que acreditam. Uns querem acreditar que o amanhã será melhor, acreditam que conseguirão uma chance no sonhado emprego, acreditam que a cura da doença virá antes do apito final. O vestibular que era impossível já não bota medo em mais ninguém. Basta repetir aquele grito que a voz sai e um sentimento único toma o peito.

Muitos sequer sabem o motivo da expressão rodar pelas ruas durante todo o dia. A dona de casa nem gosta de futebol, mas foi contagiada pela energia do filho que, como ele mesmo diz, agora se dedica como Victor, corre como Luan e tem a coragem de um Leo Silva.

Em breve veremos palestrantes mineiros rodando o mundo para falar sobre o significado do termo “é possível”.  Todos nós estamos propensos a sofrer um, dois, três golpes capazes de nos derrubar, nos deixar no chão. O corpo não sabe sequer qual será o próximo passo, tudo parece perdido, mas lá no fundo vem a voz daquele povo dizendo que ainda não acabou, que o milagre vai acontecer e a voz te pede para acreditar.

Faça bom uso do “EU ACREDITO”, Brasil. Nós não iremos patentear. Só pedimos que, onde você estiver, quando as coisas estiverem difíceis para o Galo em campo, nos ajude com o mantra. EU ACREDITO! EU ACREDITO! EU ACREDITO!

Fael Lima

ABRAÇO, MASSA!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

VÍDEOS DA MASSA – ATLÉTICO 4X1 FLAMENGO (PARTE 3)

AQUECIMENTO DAS TORCIDAS




VÍDEOS DA MASSA – ATLÉTICO 4X1 FLAMENGO (PARTE 2)

ÔNIBUS DO ATLÉTICO CHEGA NO MINEIRÃO

FIM DE JOGO

O HINO ECOA NO SALÃO DE FESTAS

SOU GALÔ, SOU GALÔ

SOMOS ALVINEGROS

VÍDEOS DA MASSA – ATLÉTICO 4X1 FLAMENGO (PARTE 1)

REAÇÃO DA MASSA NO QUARTO GOL

REAÇÃO DA MASSA NO TERCEIRO GOL

REAÇÃO DA MASSA EM ALGUM DOS VÁRIOS GOLS

TELÃO DO MINEIRÃO EXIBE 6 A 1 NO FLAMENGO

O GALO É O TIME DA VIRADA

PUMA LANÇA KIT COM UNIFORME DE GOLEIRO PARA CRIANÇAS

15332374107 a0cdda76eb k PUMA LANÇA KIT COM UNIFORME DE GOLEIRO PARA CRIANÇAS

Foto: Bruno Cantini / Flickr do Atlético

2014 10 14 12.12.52 180x300 PUMA LANÇA KIT COM UNIFORME DE GOLEIRO PARA CRIANÇAS

Foto: Cam1sa Do2e

Na semana das crianças, a Puma presenteou os pequenos Atleticanos com a possibilidade de usarem a camisa de São Victor no dia a dia. A fornecedora de material esportivo do Galo lançou um kit com meião, short e a camisa de goleiro do Atlético.

Na Loja do Galo de Lourdes já é possível encontrar o kit, vendido a R$199,00. Estavam disponíveis apenas os tamanhos de10 a 14, com previsão de chegada de outras numerações nos próximos dias.

Como não há previsão de lançamento de uma linha feminina relacionada à camisa de goleiro e as camisas masculinas nem sempre atendem ao tamanho desejado pelas Atleticanas, funcionários da Loja do Galo informaram que as torcedoras passaram a adquirir o modelo infantil.

2014 10 14 12.12.12 PUMA LANÇA KIT COM UNIFORME DE GOLEIRO PARA CRIANÇAS

Foto: Cam1sa Do2e

 

A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE – 1908/1948)

Clique aqui e saiba como começou a votação

Esse é um período onde fica difícil definir os modelos usados em cada ano. Os escudos variavam de tamanho em cada camisa e alguns jogadores poderiam até entrar em campo sem o escudo na camisa. Se faltava o Manto em alguma época, o roupeiro poderia pegar camisas usadas em outros anos e colocá-las novamente para participar de novas batalhas nos gramados.

Chegou a hora de escolher a oitava finalista. Vote!

VOTAÇÃO ENCERRADA! Confira a última finalista.

12 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)

1914/1919

1914 1919 300x294 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)images A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)

1920/1924

1920 1924 300x256 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)ATgAAABAU9JBs2CnLit5JHmtI S3fcpsedcQhUI0aWO kM QFnfz30eGqFru A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)

1929/1930

29 30 300x293 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)31 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)

1938/1939

39 38 300x259 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)1936 193x300 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)

1941

45 300x257 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)1941 300x198 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)

1946/1948

46 48 300x252 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)1946 1948 300x197 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (8ª FASE   1908/1948)

*Clique nas imagens para ampliar.

**Fotos retiradas do livro “A história das camisas  dos 12 maiores times do Brasil”, acervo do Atlético e Centro Atleticano de Memória.

Veja quem já está classificado:

De 2010 a 2014 (clique aqui para ver)

De 2000 a 2009 (clique aqui para ver)

De 1990 a 1999 (clique aqui para ver)

De 1980 a 1989 (clique aqui para ver)

De 1970 a 1979 (clique aqui para ver)

De 1960 a 1969 (clique aqui para ver)

De 1950 a 1959 (clique aqui para ver)