VÍDEOS DA MASSA – ATLÉTICO 2X1 INTERNACIONAL (PARTE 1)

Dica: Selecione a qualidade dos vídeos como HD.

Valeu a pena

Torcida grita o nome dos jogadores

Protesto do Bom Senso

Maria é tudo Frouxo

ESQUECE MEU GALO

A frase veio de um atacante do lado de lá. “Esqueçam o vizinho” – implorou o pobre jogador ao ver que em Minas dois títulos fizeram os gritos de Galo ecoar pelas janelas. Nunca entendi o motivo de uma pessoa que não torce pelo Atlético gritar Galo. Eu não grito Timão, nem Porco, nem Flu ou Yale. Grito Galo!

Acontece que ultimamente a ira rival vem crescendo e se tornando maior que o próprio clube azul. Bombas atiradas em jogadores e torcedores, além do ônibus, campanhas para divulgar uma venda imaginária da Libertadores, entre outras ações que custaram uma energia que nunca vimos nesse povo quando o assunto é arquibancada.

Pode ser que o motivo de tanto ódio nesse coraçãozinho é saber que um título nacional ficou MUITO ABAIXO do que o Atlético conquistou no ano.  Pegaram as bandeiras que tantas vezes mudou de cor e enquanto caminhavam para o centro, veio aquele gosto amargo goela abaixo, lembrando como foi épica a conquista Alvinegra.

Então quebraram a Loja do Galo da Savassi, tentaram o mesmo na Sede de Lourdes, foram até a casa de jogadores e do Presidente soltar fogos para demonstrar o rancor pelas pessoas que ofuscaram a segunda maior conquista de Minas no ano.

Os Maurícios e Patrícias colocarão a culpa nas Organizadas e voltarão para suas casas, onde o assunto futebol morre até 2023. Não perceberam, mas desde que sequer conseguiram chegar em duas das últimas quatro finais do Mineiro, nós passamos a ignorar todo o resto do Estado. Amanhã os funcionários do Atlético terão mais um dia de trabalho rumo à maior conquista da história do futebol Mineiro. Queremos o mundo e nosso mundo é o Galo.

Cá entre nós, torcedores azuis, muito obrigado pelo vandalismo que vocês vêm praticando como religião ao ver a camisa preto e branca. Primeiro, vocês motivam nossos atletas a correrem duas vezes mais. Segundo, esse sentimento mostra um cotovelo inchado, dolorido, de quem passou o ano ouvindo gritos de Galo pela madrugada. Gritos de verdadeiros Atleticanos e não esses de quem saiu para comemorar sabe se lá o quê.

Sei que é duro acabar de capinar o quintal e ver a grama tão verde do lado de cá, mas larga essa vaidade e esquece meu Galo.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

AOS ADVERSÁRIOS DO GALO, MEUS SENTIMENTOS

Foto: Bruno Cantini

Foto: Bruno Cantini

O futebol é um palhaço. Deixou para fechar a tampa do caixão do Náutico no Dia de Finados em um local onde reina a lenda que ninguém sai vivo. O temido Horto.

Não importa se era o Barcelona ou o lanterna do campeonato, foi muito bom rever Tardelli comemorando um gol, Réver e Guilherme em campo, aquelas meninas bonitas do Galo na Veia e mais uma baderna de Fernandinho nas zagas adversárias.

Foto: Bruno Cantini

Foto: Bruno Cantini

Cuca sabe o que faz, por isso testou peças na hora certa. Só errou ao não poupar Victor em jogos assim. Nem precisava de substituto, o gol podia ficar abandonado como o setor destinado à torcida adversária. Saí cinco minutos mais cedo e encontrei um dos cinco torcedores do Náutico em frente ao portão dez. Tentei puxar assunto citando a falta que o time sente dos Aflitos ou do trabalho do técnico Gallo, mas o senhor só queria falar do Atlético. Se é pra cair, que seja diante do campeão da América.

Os cinco minutos que perdi quase me custaram um gol de Pierre. Perder de goleada e com gol do Pierre é como alguém deixar de jogar flores quando o caixão desce para urinar no pobre moribundo. Não era hora, por isso o gol do pitt-bull AINDA não aconteceu. Virá no momento certo.

O campeonato segue para planejarmos mais uma degola. Como um frio serial-killer, olho para a tabela e vejo o Fluminense, treinado por um amante do pôquer, como uma vítima perfeita.

Pena dos que caem no Horto? Tenho pena somente dos que não foram apoiar o Atlético no Independência. Meus pêsames.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

#TARDELLI100 – FALTAM 14

Foto: Bruno Cantini

Foto: Bruno Cantini

A comemoração veio com a tradicional metralhadora. Além dela, a famosa passada de mão pra tirar qualquer zica que impedia Diego Tardelli de balançar as redes.

Jogar fora da área tem atrasado a meta do número histórico, mas nós não temos pressa. Temos um atleta que faz diferentes funções em campo, sempre com qualidade. O sonho de qualquer treinador. Sorte de Cuca, azar do Felipão.

Os Atleticanos falavam sobre os passes, o gol e faziam um pedido a Tardelli. Mais que gols, a torcida quer o dono da 9 no Atlético em 2014. Rumo ao número 100! Rumo a Marrocos!

Hora de relembrar mais momentos de Diego Tardelli Martins por terras Alvinegras.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

Papo de boleiro

Kajuru Pergunta

VÍDEOS DA MASSA – ATLÉTICO 5X0 NÁUTICO (parte 3)

Dica: Selecione a qualidade dos vídeos como HD.

Gol de Fernandinho

Comemoração no gol de Jô

Povo cansado de comemorar gol

Bateria Camisa 13

VÍDEOS DA MASSA – ATLÉTICO 5X0 NÁUTICO (parte 2)

Dica: Selecione a qualidade dos vídeos como HD.

Gol de Diego Tardelli

Sou Galô

Aqui é Galo

Mascotes e Galo Doido