SUBSTITUIÇÃO NO ATLÉTICO – SAI A LUPO E ENTRA A DÚVIDA

vasco penaltyespanha adidas

A Copa do Mundo de Clubes da Fifa de 2013, realizada em dezembro, marcará a despedida da Lupo no Atlético. No período, o clube conquistou o Mineiro e a Libertadores, mas a marca pé-quente reduziu seu contrato de dois para um ano no clube. O Presidente Alexandre Kalil ainda não informou o nome do novo fornecedor de material esportivo, mas o assunto nos bastidores é que Penalty e Adidas saíram na frente.

A Penalty, que já foi a responsável pela camisa do Galo em três períodos (1986/1990-1992/1993-1997/2001), atualmente assina a camisa de quatro clubes da primeira divisão. São eles, São Paulo, Vitória, Náutico e Vasco, além do Ceará e Figueirense na segunda e o Santa Cruz, na terceira divisão. Em 2013, lançou a linha ‘Raiz’, com uniformes retrô de todos os times que levam a assinatura Penalty. No São Paulo, também lançou a camisa vermelha, nomeada como camisa como ‘A cor da raça’.

Já a Adidas, que também já passou pelo Atlético (1983/1985), traz uma lista maior de clubes e seleções na lista de patrocínios, incluindo campeãs mundiais como Argentina, Alemanha e Espanha. Aliás, a camisa da Espanha, usada na Copa das Confederações 2013, traz um V dourado em destaque na gola que chamou a atenção na competição. Nas camisas de Flamengo e Fluminense, a Adidas preferiu não inventar para não criar rivalidade entre os comentários dos cariocas.

nike juventusSe dependesse da torcida, a Nike, que nunca esteve na camisa Alvinegra, também entraria nessa briga. Uma camisa com listras em preto e branco e com o famoso símbolo da Nike no lado direito do peito é a da Juventus. Se o modelo agradaria por aqui, é difícil dizer. Sempre há reclamações para qualquer marca, seja pelo modelo apresentado, na entrega, nos modelos retrôs ou na falta de produtos diversos.

Um estudo da Fundação Getúlio Vargas diz que a camisa do Atlético é a quinta mais rentável do futebol brasileiro. Sendo assim, o Presidente Alexandre Kalil deve colocar todos os fatores na balança, sem deixar de ouvir a voz da Massa que coloca a mão no bolso.

Para ajudarmos nessa, vote na enquete que fica na lateral do blog. Adidas, Penalty ou Nike?

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

CLIQUE AQUI E CONFIRA OUTRAS PROMOÇÕES DA GAMAIA.

são paulo penaltymilan adidas

GALO EM FAMÍLIA – ATLÉTICO NO CALDEIRÃO

Imagens: Tv Galo

 

Bastou o quadro Peneira, do programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo, ir ao ar, para o nome de Juquinha ganhar todas as redes sociais. O baixinho marcou dois gols e a chance de participar de outros testes no clube.

Mesmo que não continue a vestir a camisa do Atlético por muito tempo, fica nossa torcida para que o garoto realize o sonho de seguir no futebol e se torne um grande homem.

 (ENVIE SUA FOTO PARA [email protected])

 Outras postagens do Galo em Família

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

DSC_0029Pré-Final da Libertadores

Primeira roupa1069311_547408775316254_429382161_n

Rafaela Rau Wladimir 218BUD3CPLIUAAu-ul

Maternidade

BU5e6IfCAAErcSJ

GEDSC DIGITAL CAMERA

Wlad Raul Miguel

ATLÉTICO NA LIBERTADORES – FAÇA PARTE DO FILME

Foto: Bruno Cantini

Foto: Bruno Cantini

A conquista da Libertadores mais parecia o roteiro de um filme, por isso, nada mais justo que a Massa relembrar essa história nas telonas. E o melhor, além de expectador, o Atleticano pode se tornar personagem ao contar os momentos especiais que viveu na competição.

Os responsáveis pelo filme estarão em Belo Horizonte nos próximos dias para gravar mais cenas. A cada dia aparece uma nova promessa, um novo caso de AVC pós-Tijuana ou aquele Atleticano que largou a noiva para ir aos jogos internacionais.

Não economize nas palavras. Pode ser aquela comemoração especial com seu pai, a cena da torcida do Olimpia comemorando o título no Paraguai ou o Obelisco lotado em Buenos Aires. Mande sua história para [email protected] e prepare-se para participar do filme que será forte candidato ao Oscar 2014.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

VÍDEOS DA MASSA – ATLÉTICO 2X1 VASCO

Gol de Fernandinho

Gol de Ronaldinho

Tardelli quase marca de bicicleta

Embaixadores do Galo


OS 15 DA CABEÇA DE CUCA

Foto: Bruno Cantini

Foto: Bruno Cantini

Até pouco tempo atrás, era comum ouvir da torcida que o time do Galo estava na ponta da língua como não se via há anos. Após lesões, contratações e a venda de Bernard, ainda é possível escalar a maior parte do time sem a lista oficial antes dos jogos, apesar das cartas na manga terem aumentado. Só onze entram em campo, mas a cabeça do treinador cabe mais. Muito mais.

Não há discussão quando se fala sobre o titular da camisa um no Atlético. Talvez a maior discussão envolvendo a camisa um, seja sobre qual homenagem o dono dela merece. Mesmo sem a discussão da homenagem, outras camisas e posições também estão perto de serem conquistadas por usucapião. Assim como Victor, alguns jogadores não perdem noites de sono na dúvida se receberão o colete de titular no dia seguinte. Perceba como as olheiras de Réver, Leo Silva, Marcos Rocha, Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho, Tardelli e Jô estão menores.

Incomodados com as faces sem olheiras, Josué, Júnior César, Richarlyson, Emerson, Fernandinho e Dátolo começam a quebrar uma padronização nas escalações e prometem transferir as manchas escuras sobre os olhos para o treinador.

Josué pode ser considerado titular após os últimos meses. Foi mal em alguns jogos, mas se entendeu com Pierre, pegou ritmo e não quer saber se Leandro Donizete voltou. Se depender da torcida, provavelmente Donizete seguiria com a dupla ao lado de Pierre, mas Josué sabe que nem sempre Cuca segue a Massa.

O fator torcida pesa também na titularidade definitiva de Júnior César. Vaiado em vários jogos, Richarlyson talvez seja a escolha de somente uma pessoa. Só que essa pessoa tem uma prancheta na mão e atende pelo nome de Alexi Stival, também conhecido como Cuca. A concorrência pesada na zaga pode levar Emerson a disputar a lateral-esquerda. Se a chefia afirmou o mesmo nas coletivas, temos mais um ponto de interrogação no time que até então estava definido.

Fernandinho quer provar que a primeira impressão não é a que ficará. Expulso na estreia, ele se redimiu ao marcar gols e dar assistências nos jogos seguintes. Dátolo também balançou as redes, mas sua maior luta pela posição é contra o Departamento Médico.

A lista dos quinze nomes para por aí, apesar de Guilherme e Luan estarem há mais tempo na casa, a dupla corre por fora. Quem disse que o Atlético não briga por nada nesse campeonato? Até o Mundial, Cuca colocará cada camisa em uma balança e o peso da raça e do suor dirá quem estará como titular em Marrocos.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

Foto: Bruno Cantini

Foto: Bruno Cantini

Vídeos da Massa – Atlético 3×0 Coritiba

Primeiro gol

Segundo gol

Terceiro gol

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

Verdadeira Pele – Thiago de Castro

970230_371267526307434_280613581_nDezembro de 2011 fez com que muitos Atleticanos falassem e agissem com um coração machucado. Muitos prometeram não ir aos estádios, outros prometeram que sequer cantariam o hino Atleticano e houve até aqueles que diziam que esqueceriam a vida ao lado do Galo daquele mês em diante. Dezembro ficou para trás e o povo voltou pro estádio cantou o hino e viveu ao lado do Galo. O Thiago de Castro continuou na arquibancada, mas seu pecado foi vender parte da coleção de camisas na época. Estava triste, decepcionado e agiu com a emoção do momento. Quando percebeu o que tinha feito, resolveu compensar e retomou a coleção com fôlego total. Confira!

Confira outras coleções

Facebook do Thiago

1148271_400912840009569_255641996_n

Muitos colecionadores procuram por camisas da década de 70, 80. Qual é a mais antiga da sua coleção? Thiago: Eu não tenho muito tesão pelas camisas da década de 70, porque eu prefiro as que eu vi e que acompanho o time, desde 1983. Eu tinha uma do Reinaldo que o marido da minha prima me deu, assinada por ele, de 77. Ele falava que quando falecesse, iria deixá-la no testamento pra mim. Acabou morrendo cedo e a mulher dele me deu. Uma relíquia. Mas a vendi, assim como vendi grande parte da minha coleção depois de um dos dias mais tristes da minha vida, que foi a goleada no dia 4 de dezembro de 2011. Tenho a da década de 80, de 1988, do Moacir.

1174352_400910420009811_1277592789_nTem algum xodó que você demorou a conseguir, pelo modelo ou por ter uma história bacana? Thiago: Todas as minhas atuais camisas, que hoje somam 104, são meus xodós. Sou conhecido por andar sempre com camisas do Galo. Mas uma que pode ser considerada difícil e que não tinha na minha outra coleção é a do Taffarel laranja, adquirida há duas semanas atrás, na comunidade do Galo.

As mais raras podem ser usadas no dia a dia ou não saem da gaveta? Thiago: Não tenho essa de deixar de usar as mais raras. Uso todas, sem exceção. Cada dia trabalho com uma diferente. Acho que elas tem que ser apreciadas, não ficarem só em fotos e escondidas.

Existe um preço limite para pagar por uma camisa ou se encontrar alguma que procurava há muito tempo, coloca a mão no bolso sem pensar duas vezes? Thiago: Não faço nenhuma loucura para adquirir. Tenho os pés no chão, mas já paguei muito caro em algumas, tipo quinhentos reais. 1097595_400912243342962_1854360666_n

A camisa deve ficar limpa para sempre ou o colecionador pode pegar autógrafo de jogadores? Thiago: Camisas do Galo, limpas sempre, podendo lavar com cuidado, não gosto de autógrafo de jogadores. Tenho uma com o autógrafo do Reinaldo e estou tentando apagar. Não sou fã de jogadores, e sim da instituição Clube Atlético Mineiro, meu amor maior.

A coleção aceita camisas de torcidas organizadas ou só as do time? Thiago: Não tenho mais camisas de torcidas organizadas. Tinha muitas camisas da Galoucura, por fazer parte da torcida entre 1994 a 2007, e de todas aliadas, mas dei todas elas para outras pessoas. Atualmente, tenho duas camisas da Dragões da FAO, pois alguns membros são meus amigos. Não conto camisas de torcida, agasalhos e moletons como número da coleção. São só camisas de jogo que conto. Ao todo, tenho cento e quarenta e uma camisas.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

1305409_400913100009543_1734888135_n

1174362_400911353343051_1125726883_n1208965_400913056676214_1299135206_n

1305432_400912996676220_2138728348_n1232722_400910963343090_1209669493_n