A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE – 1990/1999)

Clique aqui e saiba como começou a votação

 Um período dominado pelo vermelho entre os patrocinadores, principalmente com a Coca-Cola, sucedida pela Multivison e posteriormente a TAM. A década viu também a volta das estrelas vermelhas, em 1992 e 1997, em alusão à conquista das duas taças Conmebol e o desaparecimento de ambas, em 1999, quando a competição foi substituída em definitivo pela Copa Mercosul.

A camisa de 1990 era assinada pela Penalty, que chegou em 1986 e em 1991 deu lugar à Dell’erba. A Penalty voltaria para as temporadas de 1992 e 1993. Após o período em que a Umbro foi a fornecedora de materiais esportivos, de 1994 a 1996, houve a terceira passagem da Penalty pelo Galo, sendo a responsável pelo Manto Alvinegro de 1997 até 2001.

Ao contrário do que vimos nas outras etapas desta eleição, não houve a variação de cores nos números e dessa vez foi o modelo de 1999 que não estampou o nome de empresas na camisa.

Chegou a hora de votar na terceira fase da eleição do Manto Alvinegro mais bonito de todos os tempos. Escolha a sua e se prepare para a próxima fase.

Veja quem ganhou…

De 2010 a 2014 (clique aqui para ver)

De 2000 a 2009 (clique aqui para ver)

1990

4535 300x202 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1991

1386 4463783971805 777406025 n 300x189 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1992

1992 1 13 Tobias 300x213 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1993

1993 1 9 300x195 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1994

399204 4463783931804 525129851 n 300x199 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1995

1995 1 10 Cairo 2 jogos 300x215 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1996

1995 1 13 300x200 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1997

1997 1 11 Almir 300x198 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1998

1998 1 4 Caçapa 300x200 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

1999

1999 1 15 300x192 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (3ª FASE   1990/1999)

*Clique nas imagens para ampliar.

**Fotos retiradas das coleções de Fael Lima, Rafael Perez e André de Paula.

A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE – 2000/2009)

Clique aqui e saiba como começou a votação

Foram quatro fornecedores de material esportivo de 2000 a 2009 (Penalty, Umbro, Diadora e Lotto), período em que o Manto Alvinegro passou por mudanças nas listras, número, detalhes da manga e até no escudo.

Os números variaram entre o preto, vermelho, branco e dourado. Além do tradicional Galo Volpi, tivemos detalhes que agradaram a maioria dos torcedores, como as bandeiras do Brasil e de Minas e a palavra ‘GALO’ na maioria dos anos. Na camisa do centenário, o primeiro escudo do clube. Já em 2009, nada de patrocínio e uma gola diferente.

Na primeira parte da eleição, um modelo conseguiu quase metade dos votos e está classificado para a final. Sei que é difícil, mas é preciso escolher apenas um Manto Alvinegro. Chegou a hora de votar. Qual é a camisa mais bonita de 2000 a 2009?

VOTAÇÃO ENCERRADA! CONFIRA O RESULTADO:

Veja quem ganhou…

De 2010 a 2014 (clique aqui para ver)

De 1990 a 1999 (clique aqui para votar)

1 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2000

416934 422353121171513 1409514065 n 300x183 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2001

416934 422353121171513 1409514065 n1 300x182 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2002

10568809 702810819792407 1857044360804408522 n 300x180 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2003

10568809 702810819792407 1857044360804408522 n1 300x181 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2004

10568809 702810819792407 1857044360804408522 n2 300x182 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2005

10568809 702810819792407 1857044360804408522 n3 300x178 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2006

2006 1 2 Zé Antônio 300x200 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2007

2007 300x201 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2008

543798 4468455128581 28407856 n 300x200 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

2009

2009 300x221 A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO (2ª FASE   2000/2009)

*Clique nas imagens para ampliar.

**Fotos retiradas das coleções de Fael Lima, Rafael Perez e André de Paula.

VERDADEIRA PELE – A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

Listras grossas ou listras finas? Qual é a melhor gola e que material esportivo que se destacou? Se o assunto é a cor ideal para o número então… A cada ano, novos modelos de camisas chegam nas lojas e, antes que o Atleticano coloque a mão no bolso,  geram discussões entre os torcedores que aprovam ou reprovam o Manto Alvinegro para a temporada.

E qual seria a camisa mais bonita de todos os tempos? Provavelmente as que tiveram a sorte de não estampar anúncios levam vantagem, mas tivemos casos, como o modelo de 2008, onde a camisa do Galo foi eleita a mais bonita do mundo, segundo o site Football Shirts.

O Cam1sa Do2e lança a eleição onde o Atleticano vota na camisa que considera a mais bonita nos 106 anos de história. Sem deixar que a campanha no campeonato onde ela foi usada ou quais atletas a vestiram interfira, a intenção é definir qual foi a união perfeita entre o preto e o branco, a posição do escudo, tamanho das listras, gola, fonte usada, cor do número. Vote naquela camisa que você abriria o guarda-roupa antes de cada partida e não pensaria duas vezes antes de pegá-la com a certeza que não há nada tão perfeito no universo.

Separamos a eleição por décadas. Existem décadas em que os modelos praticamente não sofrerão alterações de um ano para o outro, mas em outras teremos camisas com diversas mudanças para a temporada. As vencedoras de cada década se enfrentam na final, onde saberemos qual camisa o Atleticano considera a mais bonita da história.

Como faremos a votação a partir da camisa atual, a primeira década conta apenas com cinco modelos. Os fornecedores de material esportivo são Topper, Lupo e Puma, houve apenas o BMG como patrocínio master e as mangas contaram com as empresas Ricardo Eletro e MRV, sendo que 2011 não houve patrocínio nas mangas.

Chega de falar, pois chegou a hora dos primeiros votos. Escolha a sua e se prepare para a próxima fase.

VOTAÇÃO ENCERRADA! CONFIRA O RESULTADO:

Veja quem ganhou…

De 2000 a 2009 (clique aqui para ver)

De 1990 a 1999 (clique aqui para votar)

123 VERDADEIRA PELE   A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

2010

954663 4468576891625 206272981 n 300x199 VERDADEIRA PELE   A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

2011

1010460 4468598732171 1299455655 n 300x238 VERDADEIRA PELE   A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

2012

531776 4470082009252 313432726 n 300x198 VERDADEIRA PELE   A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

2013

10443235 653886911353972 169749728457233841 o 300x206 VERDADEIRA PELE   A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

2014

10603198 707928172614005 4809590485347429617 n 300x180 VERDADEIRA PELE   A CAMISA MAIS BONITA NA HISTÓRIA DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO

*Clique nas imagens para ampliar.

**Fotos retiradas das coleções de Fael Lima, Paulo Henrique e André de Paula.

GALO EM FAMÍLIA – 106 ANOS

 Outras postagens do Galo em Família

A festa de aniversário com carreata e show na Sede de Lourdes é um momento para toda a família Atleticana celebrar a existência desse clube que proporciona histórias diariamente. Segue abaixo outros momentos da família Alvinegra.

Envie sua foto para [email protected] e aguarde o próximo Galo em Família

1896791 679918208736921 1210749805 n 175x300 GALO EM FAMÍLIA   106 ANOS1926159 468432049924422 1062248939 o 225x300 GALO EM FAMÍLIA   106 ANOS

filho do leonardo fontes 300x276 GALO EM FAMÍLIA   106 ANOS

1725472 585084671575734 150133695 n 300x300 GALO EM FAMÍLIA   106 ANOS

Bjdu0CRIAAA aKu 300x225 GALO EM FAMÍLIA   106 ANOS

DSC03791 300x225 GALO EM FAMÍLIA   106 ANOS

1974273 202330306644374 8345662 o 300x198 GALO EM FAMÍLIA   106 ANOS

GALO EM FAMÍLIA – R10 E A NOVA GERAÇÃO

 Outras postagens do Galo em Família

Personagem de revista em quadrinho, ídolo no mundo do futebol, autor de golaços e dono de um visual exótico. Prato cheio para a criançada querer imitar aquele que já foi eleito o melhor do mundo por duas vezes.

E se esse cara jogasse no seu time? E se esse cara saísse do seu time?

Duas perguntas que justificam o choro do pequeno Atleticano que chegou a pedir por intervenção Divina para ver Ronaldinho com o Manto Alvinegro em 2014. O texto de Victor Martins, publicado no Cam1sa Do2e, cita como a renda do clube aumentou desde a chegada de Ronaldinho a Minas, mas a presença do camisa 10 vai além das cifras.

Ronaldinho converte torcedores de todas as idades, faz a criança vestir a camisa na escola com orgulho, mesmo no dia seguinte às derrotas. Nas peladas de rua, até os rivais querem bater o peito no ar para imitar a comemoração ‘patenteada’ no Horto.

O menino que pega a camisa 10 como seu melhor brinquedo e seca suas lágrimas com o escudo estampado nela deveria estar presente na reunião entre Assis e Alexandre Kalil. Garantir o sorriso naquele rosto deveria estar em contrato para 2014.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google + 

1470384 482020488582880 1110278022 n 175x300 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃOjoão1 225x300 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

Maria Eduarda 2 223x300 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃOunnamed 1 221x300 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

995548 1434328740119119 691910171 n 300x300 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

ivan 300x223 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

leo1 300x169 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

unnamed 2 300x194 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

unnamed 300x228 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

Libertadores 300x169 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

Maria Eduarda 300x223 GALO EM FAMÍLIA   R10 E A NOVA GERAÇÃO

VERDADEIRA PELE – A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Mostramos ontem a primeira parte da coleção do Atleticano André de Paula, que conseguiu uma camisa de cada titular na Libertadores, além de outras especiais para representar cada jogo da conquista Alvinegra. Confira os Mantos que são guardados a sete chaves.

Clique aqui para ler a primeira parte

*Os textos nas fotos foram escritos pelo próprio colecionador.

07 donizete VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Ele não esteve na reta final, mas foi peça importante para Cuca desde o Brasileiro 2012. A camisa devia estampar o nome Leão Donizete, tamanha a luta do volante dentro de campo.

 

08 goleiro VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Victor não deu chances para os outros goleiros na Libertadores. Giovanni entrou em campo em algumas partidas no Brasileiro, mas na Libertadores poucos perceberam que ele vestia um uniforme verde no banco de reservas. O 12, que pertence à Massa, foi utilizado por ordens da Conmebol. Mais uma relíquia na coleção!

 

08 jogo treino VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Tardelli tem um hábito que o Atleticano adora. Ele sempre balança as redes do São Paulo. Dono da 9 há alguns anos, o Manto do artilheiro agora divide o espaço no guarda-roupas ao lado de outros ‘noves’ de tantos craques que usaram o número de goleador no passado.

 

09 luan VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Sem dúvida Ronaldinho, Victor, Tardelli, entre outros, terão milhares de fãs por toda a vida, mas entre as camisas de tantos craques, o André quis que o primeiro autógrafo fosse do jogador que ele admira e considera como um ídolo especial – Luan, o dono da 27. Fã que é fã corre atrás de todas as relíquias, por isso a camisa do Mundial também já está na gaveta.

 

09 victor VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Se o nome é Victor, vale ter camisa branca, cinza, preta ou da cor que estiver disponível. A camisa usada contra o Tijuana, no México, é idêntica à da estreia, porém, dessa vez o tribal estampou a parte da frente. Uma pessoa distraída diria que são camisas iguais, mas os olhos de um colecionador buscam todos os detalhes.

 

10 réver VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

A camisa do zagueiro artilheiro pode ser também a camisa de zagueiro de Copa do Mundo. O gol do gigante trouxe uma tranquilidade aos Atleticanos que seria momentânea. No mesmo jogo, Réver levaria amarelo após a marcação do pênalti e vermelho após a partida.

 

10 victor VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Se é difícil para o torcedor conseguir todas as camisas de goleiro vendidas em loja, imagina quantas noites de sono um colecionador perde até conseguir todos os modelos usados na Libertadores. Agora multiplique mil vezes essa batalha, pois estamos falando de São Victor do Horto. Deu trabalho, mas valeu a pena.

 

11 gilberto VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Entre todas as peças adquiridas, três jogadores não estarão na Libertadores de 2014 – Bernard, Júnior César e Gilberto Silva. Fica a camisa e o autógrafo do ídolo que deixou sua marca na história Atleticana.

 

12 guilherme VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Talvez a camisa de Guilherme não estivesse entre as prioridade para a coleção no início da Libertadores, mas depois de um chute que trouxe luz ao Independência, o número 17 ficou disputado entre os colecionadores.

 

13 marcos VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Eleito o melhor lateral direito do país nos últimos dois anos, Marcos Rocha é candidato forte a aumentar a lista de jogadores que participaram do título, mas que não terão a chance de lutar pelo bi. Caso ele saia, a segunda pele está garantida.

 

13 trocada em campo VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Se o placar fosse outro, talvez essa camisa não viesse para Belo Horizonte, mas com o grito de campeão vale até guardar uma recordação da final e do rival

 

14 leo silva VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Leonardo Silva ainda não sabe o que aquela escorada de cabeça representou para os Atleticanos. Enquanto viver, haverá um Atleticano pedindo para contar como foi, querendo foto ou um autógrafo. Poucos conseguirão a assinatura na própria camisa usada na Libertadores. O André conseguirá.

 

14 cuca VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Cuca virou um símbolo de fé e elo com a torcida pelas frases e reações. Sua camisa não tem número, então resta guardar a que o treinador usou na comemoração, enquanto Réver erguia a taça. O modelo é diferente do que foi vendido na Loja do Galo, pois traz o patrocínio do Banco BMG.

 

bola da liberta autografada VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

Apesar de ser colecionador de camisas, quando se tem uma bola autografada pelo time, o Atleticano decide guardá-la em meio a tantos tesouros.

 

1506020 586880118052145 2069166331 n VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 2)

É tanto objeto que pertencia a São Victor, que daria para montar um museu. Camisas de todas as cores, shorts, luvas e até a chuteira que isola bolas com o pé esquerdo. Uma coleção mais que especial.

 

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +

VERDADEIRA PELE – A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Já mostramos no Cam1sa Do2e a coleção do André de Paula com relíquias de todas as épocas, mas dessa vez o cara vai fazer muito Atleticano sentir um cisco de inveja na frente da tela. Ele queria uma camisa da Libertadores para a coleção, depois queria uma camisa de jogo e uma de visitante, aí vieram os milagres de São Victor… Acabou a Libertadores, veio a taça e havia uma camisa para representar cada jogo da conquista.

É tanta camisa que dividimos a publicação em duas partes para contarmos os detalhes de cada uma. Mais feliz que o André, só o Kalil que dormiu com a taça.

 

*Os textos nas fotos foram escritos pelo próprio colecionador.

01 estreia VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Todos lembrarão da água, de Ceni, de Ronaldinho e Marcos Rocha, mas poucos se lembrarão que foi Jô quem balançou as redes aos 13 minutos. O André irá se lembrar, pois tem a camisa 7 do cara que voa para comemorar com R10.

Ao contrário do Campeonato Brasileiro, a Conmebol exige número na parte da frente. O detalhe é que o André não aprovou a camisa da Lupo em 2013, mas nem por isso deixou de ter dezenas dela.

 

01 victor estreia VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Ao lançar a camisa para a temporada 2013, a Lupo enfrentou problemas de direitos autorais com o Galo tribal que estampava a parte da frente da camisa de treino e goleiro. Enquanto resolvia a pendência nos bastidores, o goleiro Victor entrou em campo contra o São Paulo sem o tribal, que voltaria na sequência da competição. Essa é um tesouro que não existe preço para os colecionadores.

 

02 arsenal com 3 de bernard VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Ano passado fiquei na dúvida se comprava a camisa do Bernard, pois tinha certeza que era a última chance disso acontecer. Não comprei e me arrependi. O André não cometeu o mesmo erro e poderá contar que foi o Manto do moleque atrevido que balançou a rede de argentinos e chamou a atenção do mundo.

 

03 strongest VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Além de Bernard, outro jogador que tem um pedacinho da taça exposta na Sede de Lourdes é Júnior César. Se todos os números estivessem à venda na Loja do Galo, com certeza muitos comprariam a camisa do lateral que não víamos há muitos anos no Atlético. O André queria também a camisa do Júnior em 2014, mas não será possível.

 

04 tardelli VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

No ano 2000, o Atlético usou 44 modelos diferentes de camisa. O André tem 40 deles. Muitas camisas entram em campo somente uma vez e ganham um novo detalhe no  jogo seguinte. Contra o The Strongest, na Bolívia, a camisa de Diego Tardelli foi usada somente naquela partida. O manto pé-quente deu sorte e o camisa 9 marcou o primeiro gol da vitória.

 

05 arsenal victor VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Outra camisa usada somente em um jogo foi a branca de Victor, contra o Arsenal, em BH. Ele não sabia que a camisa da sorte seria outra…

 

05 arsenal VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Ter tantas camisas da Libertadores e não ter a de Ronaldinho é como ser vice invicto. Claro que o André garantiu uma do gênio. Colecionadores do mundo inteiro querem a 10 de um dos maiores da história e um dos principais responsáveis pelo título inédito na história do Atlético.

 

06 pierre VERDADEIRA PELE   A CONQUISTA ATRAVÉS DAS CAMISAS (PARTE 1)

Ao lado de Ronaldinho, outro que começou a mudar a história do Galo foi Pierre. Mesmo nos momentos de apagão do time, Pierre procura incendiar a arquibancada com sua raça de sempre. Ídolo e eterno dono da 5.

 

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Google +