ATLETICANOS GRITAM O NOME DO GOLEIRO ARANHA NO HORTO

Quando a dupla de goleiros adversários pisou no gramado do Independência para o aquecimento antes da vitória sobre o Santos, a torcida repetiu a tradicional vaia direcionada a qualquer adversário do Galo. Logo em seguida, os Atleticanos aplaudiram e gritaram o nome de Aranha, vítima de racismo no confronto contra o Grêmio, pela Copa do Brasil.

No início da partida, após gritar o nome dos jogadores Atleticanos, a Massa homenageou novamente o goleiro, que agradeceu a arquibancada, enquanto a Galoucura cantava “Time de preto”, música tradicional na torcida. Aranha jogou pelo Galo nas temporadas de 2009 e 2010.


Leia Mais

GALOUCURA SE CALA EM PROTESTO

Quem estava na arquibancada do estádio Independência na vitória do Atlético sobre o Santos ficou surpreso quando a Galoucura decidiu assistir ao jogo sentada. A torcida abaixou os instrumentos logo no início da partida e ficou em silêncio durante dez minutos.

Moacir Gaspar, fotógrafo que registra a torcida e administrador do blog Somos Galoucura, conta que leu diversas críticas de internautas após a vitória no clássico do último domingo, mesmo a torcida sendo vítima de disparos de armas de fogo por cruzeirenses, e sugeriu o protesto para o confronto contra o Santos.

– Li em grupos do Facebook que a principal torcida organizada do Atlético não faria falta na arquibancada. Dei a ideia de mostrarmos como seria o estádio sem a Galoucura. Quando o silêncio chegou ao fim, o estádio inteiro cantou como não acontecia há tempos. – conta Moacir.

A torcida não informou se o protesto acontecerá novamente nas próximas partidas do Atlético.



Leia Mais