Vídeos da Massa – Atlético 4×1 São Paulo (parte 2)

Rua de Fogo

Reação da Massa no quarto gol

Festa espetacular da torcida

Nomes dos donos da festa

Pré-morte no Horto

Vídeos da Massa – Atlético 4×1 São Paulo (parte 1)

Galo mais Doido do que nunca com o gol

Dois gols em seguida. A Massa não cansa de comemorar

Horto, o assassino

Galo Doido e TOG

Belmiro comemorando com a torcida

Papel, caneta e gol do Galo

Clique aqui e confira outros trabalhos do Tulio Desenhista

O Túlio Desenhista sempre nos manda imagens vetorizadas de jogadores do Atlético, mas dessa vez ele nos mandou um vídeo. Pegou papel, caneta e começou a desenhar o gol de Ronaldinho contra o São Paulo. Acha que é fácil? Como ele mesmo disse – “Isso dá um trabaião.”

 

Evento da Galoucura reúne colecionadores de camisas de torcidas

920321 517861404937081 510142418 o Evento da Galoucura reúne colecionadores de camisas de torcidas

Se é comum vermos encontros de colecionadores de camisas de times de futebol, dessa vez a TOG prepara um só para camisas de torcidas organizadas. Regatas, agasalhos, modelos retrôs, vale levar tudo que encontrar pelas gavetas do guarda-roupa.

Rigor Ederson, o Pulgão, mascote da Galoucura, é quem teve a ideia. Rigor diz que alguns Atleticanos possuem relíquias, desde os primeiros modelos de camisas, e que alguns podem até comprar, vender e trocar peças no dia. A torcida reforça que além das coleções, o encontro também tem o ideal de reunir amigos e mostrar a história da TOG para os mais novos.

O evento acontece neste sábado (11), a partir das 13h, na Sede da Galoucura. O endereço é rua Itamaracá, 326, bairro Concórdia.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Youtube 2

Este é o nosso ideal – O hino nunca fez tanto sentido

pierre gabriel castro Este é o nosso ideal   O hino nunca fez tanto sentido

Foto: Gabriel Castro

Se esse é o melhor time do Atlético de todos os tempos, eu sinceramente não sei. Nasci em 1985, treze dias antes do Rei Reinaldo vestir a camisa Alvinegra pela última vez. Encontro poucos vídeos da época para assistir e não há um relato de como se comportava os bastidores do futebol na época; política do clube, participação da torcida, imprensa e, principalmente, motivação dos nossos atletas. Atualmente, deixando de lado clube, torcida e imprensa, um fator tem me chamado a atenção entre os jogadores – A VONTADE EM ERGUER A TAÇA.

Fim de tarde na Loja do Galo, um cliente especial chega ao balcão com cinco camisas. É Pierre. Cercado por funcionários e fãs, o volante é bombardeado por perguntas sobre o decisivo jogo contra o São Paulo.

“E se não ganharmos?” – Pergunta um incrédulo Atleticano.

Nós vamos ganhar. Não existe derrota lá. Nós vamos vencer o São Paulo no Morumbi. Chegou a hora de soltar esse grito preso dentro de vocês. Chegou a hora!” – Respondeu Pierre.

Debaixo de gritos dos funcionários e clientes, ele deixou a loja. O certo seria derramar um caminhão de concreto sobre o corpo de Pierre naquele momento, uma estátua em tamanho real e com a frase escrita sobre seus pés em frente à Sede de Lourdes. Não fizeram, pois precisamos dele em campo para que tudo se torne real.

r10 chuva bruno cantini 300x200 Este é o nosso ideal   O hino nunca fez tanto sentido

Foto: Bruno Cantini

Quando a bola rolou no Morumbi, a rede balançou e Ronaldinho, um dos maiores da história do futebol, saiu avisando ao mundo – “AQUI É GALO, AQUI É GALO!”. Tenho certeza que Ronaldo olha pra sua estante recheada de taças e não a vê do mesmo jeito. Falta uma. Nós não encontramos Ronaldinho. Ele nos encontrou.

Do outro lado do campo, alguém comemorou mais que Ronaldinho. Aliás, Victor tem comemorado mais que o time inteiro em todos os jogos, inclusive do Campeonato Mineiro. Foi em um jogo do Mineiro que Leo Silva marcou seu gol e explodiu puxando camisa, escudo e soltando o grito, aquele lá do Morumbi. AQUI É GALO.

Voltando ao passado, eu realmente não sei se esse é o melhor time da história, mas duvido que já existiu um grupo com tanta sede de soltar o grito no topo do pódio, com a taça lá no alto. AQUI É GALO.

Fael Lima

ABRAÇO NAÇÃO!

Twitter | Facebook

Youtube 1 | Youtube 2

Vídeos da Massa – Atlético 5×1 Tombense (parte 2)

Torcida pede Pierre, mas Guilherme bate pênalti e marca

Comemoração de Josué

Marcos Rocha cruza e Gilberto Silva marca

Time entra em campo